By

Já ouviu falar na rua dos presépios de Nápoles? A Via San Gregorio Armeno é uma rua do centro histórico de Nápoles, famosa no mundo inteiro graças aos artesãos e às lojinhas que vendem artigos para presépios. São estatuetas. decorações, estruturas, enfim, tudo que você possa imaginar que sirva para montar seu próprio presépio.

Apesar de ser uma rua quase inteiramente dedicada à venda de artigos para presépios, as lojas e os ateliês ficam abertos o ano inteiro. Ao entrar em uma das oficinas dos artesãos, que quase sempre ficam nas próprias lojas ou anexo a elas, é possível vê-los trabalhando, melhor ainda se passar por lá no período natalino.

Atraída pela beleza das estátuas (veja foto no alto do texto), não resisti e entrei no ateliê do artesão Nicola Giordano. Ele foi muito gentil e, enquanto trabalhava, respondeu a algumas das minhas perguntas sobre a arte dos presépios napolitanos. Fiquei observando como ele trabalhava a cortiça e a madeira, transformando-as na estrutura do presépio.

Rua dos presépios em Nápoles

Como nasce um presépio no ateliê de Nicola Giordano

Fiquei me perguntando como é que a Via San Gregorio Armeno se tornou justamente a rua dos presépios de Nápoles. Pesquisando, descobri que ali, durante o período romano, surgia um templo dedicado a Ceres, deusa da agricultura, da colheita e dos grãos. A população local costumava oferecer à deusa estatuetas de terracota em agradecimento aos pedidos atendidos. Os artesãos, espertos que só, começaram a abrir suas oficinas ali nos arredores do templo e a comercializar as estatuetas. Com o advento do cristianismo, o templo de Ceres se tornou a igreja de San Gregorio Armeno, e a fabricação das estátuas em louvor de Ceres se transformou na arte de esculpir figuras da natividade. Apesar disso, a tradição dos presépios napolitanos surgirá somente ao final do século XVIII. O interessante é que as figuras que são produzidas hoje representam a natividade de Cristo como se ela tivesse acontecido somente 300 anos atrás!

As lojinhas da Via San Gregorio Armeno são incríveis. Elas propõem uma quantidade imensa de artigos, muitas vezes em modo desordenado, formando um caos que faz parte do cenário. Sem falar que as rua fica quase sempre lotada, não só de turistas, mas de locais que vão lá todos os anos para comprar algo mais para seus presépios. Enfim, a Via San Gregorio Armeno é uma verdadeira “25 de março” natalina!

Rua dos presépios em Nápoles

Você encontrará de tudo: estatuetas de personagens e de animais, amuletos da sorte, pedaços de cortiça e os enfeites mais variados de todos os preços e tamanhos, ocupando cada centímetro das bancas e prateleiras.

Rua dos presépios em Nápoles
Mas não há só estatuetas dos personagens da natividade. Os artesãos da Via San Gregorio Armeno são também famosos por criar estátuas de celebridades, jogadores de futebol, políticos, enfim pessoas que se destacaram durante o ano, tanto em modo positivo quanto negativo (me lembrou muito a tradição dos Bonecos de Olinda).

Não importa o período do ano que você visitar Nápoles, vale sempre conhecer a Via San Gregorio Armeno e a tradição dos presépios de Nápoles. É um verdadeiro museu de estatuetas a céu aberto e é impossível não ficar bobo, aliás, quase voltar a ser criança ao ver as cenas animadas e os bonequinhos que se movem.

 

Alguns conselhos

  • É recomendado prestar muita atenção aos seus pertecences, principalmente a carteira e a bolsa. Por ser uma rua muito frequentada e cheia de turistas, há também um bom número de batedores de carteira. Fique atento.
  • Aproveite a ocasião para ver as principais atrações do centro histórico de Nápoles que ficam perto da Via San Gregorio Armeno, como a Basília de San Lorenzo Maggiore e os subterrâneos de Nápoles (Napoli Sotterranea).

 

Mais dicas

Saiba mais

* Este post contém links para afiliados. Para ver nossa política de monetização, clique aqui.

 

♦ Mapa                                                                                     

The following two tabs change content below.
Patrícia Kalil
Patricia Kalil, graduada em administração de empresas, mora na Sicília desde 2007 e é autora do blog Descobrindo a Sicília. Ela deixou o calor e as festas de Salvador para abraçar as belezas de outro lugar tão acolhedor quanto a Bahia e mergulhou na cultura e na história milenar da Sicília. Apaixonada desde sempre por viagens e pela língua e cultura italiana, acabou unindo o útil ao agradável e decidiu espalhar aos quatro ventos que a Sicília merece ser vista.
Tags:

2 Comments

  1. Célia Teodoro da Silva Souza / 31/12/2017 at 16:01 /Responder

    FOFO.ADOREI A RUA SÓ DE MATERIAIS PARA PRESÉPIO.MUITO BEM DESCRITA .DA VONTADE DE ESTAR LÁ.PARABÉNS!

Deixe uma resposta

Style Switcher

Skin:

Backgrounds:

                       

You can also upload your own background from the Admin Panel.

Highlight Color:

             

Best viewed within the shop.

You can also create your own highlight color from the Admin Panel.