By

Conheça alguns produtos e pratos típicos da culinária do Valle d’Aosta que você absolutamente deve provar.

Bem, pare, respire e não se jogue no primeiro lanche que aparecer à sua frente, porque as  tradições do Valle d’Aosta, especialmente a culinária, devem ser descobertas e, neste caso, apreciadas. Aqui estão 3 produtos e 7 pratos típicos para experimentar absolutamente suas férias no Valle d’Aosta.

Os pratos típicos do Valle d’Aosta nascem de uma cozinha rústica e simples, na qual encontramos principalmente sopas, queijos e embutidos. Famosos são o DOP do Lardo di Arnad e o DOP de Jambon de Bosses e, para os queijos, o Fontina DOP.

Lardo de Arnad

O Lardo  (banha de porco) é uma especialidade de uma pequena cidade de Arnad, na Bassa Valle, perto do Piemonte. Esse lardo é o único DOP na Europa de banha de porco e possui uma longa tradição que reflete fielmente uma especificação de produto antigo. O lardo é obtido da parte de trás do porco que, limpa do excesso de gordura, chega às instalações de produção para ser processada dentro de 48 horas após o abate. Depois de cortada, o lardo é colocada em recipientes de madeira especiais chamados Doils para envelhecer, o que dura pelo menos três meses.

O produto final é um embutido macio e branco, que derrete no paladar. Perfeito junto com pão preto, mel e castanhas em calda.

Jambon de Bosses DOP

Foto: www.ilmasetto.it

Hoje o Vale Gran San Bernardo e o Valpelline, são o berço de dois importantes produtos DOP do Valle d’Aosta: o Fontina DOP e o presunto cru Jambon de Bosses DOP. Em Saint-Rhémy-en-Bosses, a última vila no Valle d’Aosta, na fronteira com a Suíça e a cerca de 1600 m acima do nível do mar, está localizada o estabelecimento de envelhecimento do Jambon de Bosses. Um presunto cru local delicado, cujo sabor aromático deriva do processo de envelhecimento específico e das condições climáticas ditadas pela alta altitude.

A produção de Jambon de Bosses segue a rigorosa disciplina do DOP, que governa todas as fases do processamento. A produção começa com a seleção das melhores coxas de porcos premiados e continua com a salga, a adição de ervas aromáticas locais e o longo envelhecimento em um leito de feno. Este presunto conhecido desde 1397, como evidenciado por alguns documentos mantidos nos arquivos do abrigo Gran San Bernardo, é envelhecido por pelo menos 12 meses. A altitude e as condições climáticas fazem o resto, dando a este presunto um sabor único!

Fontina DOP

Foto: Di Luigi Chiesa – Opera propria, CC BY 3.0

Já na região de Valpelline, para conhecer o queijo principal da produção leiteira do Valle d’Aosta: Fontina DOP. A produção deste queijo segue uma especificação estrita que desde 1955 estabelece suas características: o leite provém apenas de vacas do Valle d’Aosta alimentadas com forragem local, é um queijo semi-cozido, cujas formas são deixadas para amadurecer em um ambiente frio e úmido, a pelo menos três meses e salgados a seco. Finalmente, as formas são marcadas com um número de identificação, e devem medir entre 30 e 45 cm e pesar entre 8 e 18 kg.

Então, vamos aos 7 pratos?

1. Fondue do Valle d’Aosta

Uma curiosidade do vale de Aosta é o fondue, um prato típico e delicioso, com a base feita com o queijo Fontina DOP, característico da região alpina entre o Valle d’Aosta, Piemonte, Sabóia e Suíça. Mas a região que ganhou a autoria da receita simples e saborosa é o do Valle d’Aosta, já que o ingrediente principal é o queijo fontina DOP.

Quer a receita? é simples. Você precisa:

  • 400 gr de queijo Fontina DOP
  • 250 g de leite
  • 4 gemas
  • 30 g de manteiga
  • Pimenta branca

Corte a fontina em pedaços pequenos e colete-a em uma tigela. Despeje o leite indicado e deixe descansar por uma hora. Transfira para uma panela com fundo duplo. Adicione a manteiga fria em pedaços pequenos, coloque a tigela em banho-maria e deixe o queijo derreter. Quando a mistura atingir uma consistência cremosa, adicione uma gema de cada vez, mexendo imediatamente. Sirva o fondue quente. Um segredo? Despeje o fondue do Valle d’Aosta nas tigelas mantidas quentes, polvilhe a superfície com fatias finas de trufa e sirva com fatias de pão preto torrado à parte. Você receberá um fondue à prova de chef.

2. Polenta Concia

foto: Buttalapasta

Todos os usos e costumes do Valle d’Aosta devem ser descobertos, mas os da culinária típica da região têm um valor agregado, o da riqueza do sabor, expressa ao máximo pela polenta típica de farinha milho amarela assada (sim assada depois de pronta) com fatias de queijo fontina e manteiga  derretido.

3. Seupa à Vapelenentse

Foto: Aosta-italiani.it

Quando se trata de festivais e tradições do Valle d’Aosta, não se pode deixar de mencionar esta saborosa sopa, um dos pratos típicos originários de Valpelline, que é o protagonista indiscutível de um banquete patronal. Para preparar a sopa Valpellinense, são utilizados pão velho, couve lombarda e caldo de carne.

4. Costolette alla valdostana

Costoletta alla Valdostana – Foto: Campeggi.com

Um dos pratos típicos mais antigos da tradição do Valle d’Aosta, além de um delicioso segundo prato de carne (vitelo), é representado por essa versão regional das costolelas, muito apreciada em todo o país.

5. Civet di camoscio

Foto:girolando.it

Pratos quentes para aquecer o coração nos longos invernos à sombra dos Alpes. A culinária do Valle d’Aosta, que oferece receitas frequentemente baseadas em carnes locais típicas, como a camurça (tipo de cabra, diferente do Ibex mas típica da região alpina), um prato delicado e delicioso, mas ao mesmo tempo ligado a uma grande tradição.

A civet di camoscio é um prato muito equilibrado, mas também rico em ingredientes e sabores. Seu cozimento é bastante simples, mas o trabalho de preparação é muito mais longo. Os Valle d’Aosta, de fato, são mestres no tratamento de carnes de camurça, cujo processamento é quase exclusivo dessas áreas na Itália. As características deste prato, em que todo o sabor do prato do Valle d’Aosta está contido, são perfeitas para serem acompanhados com vinhos tintos e secos e com uma consistência encorpada. Em particular, o ideal é o “Valle d’Aosta Donnas”, vinho local ou o mais popular Amarone della Valpolicella.

6. Tegole dolci valdostane

Foto: pourfemme.it

As telhas doces (nome em português) foram nomeadas inicialmente com o formato que tinham, um pouco curvadas que se assemelhavam às telhas locais (Losa); depois, com o tempo, esses doces se tornaram redondos, mas o nome permaneceu. As telhas do Valle d’Aosta são preparados com amêndoas e avelãs e, uma vez prontos, são excelentes para o café da manhã ou com um bom chá ou café, de fato, em muitos restaurantes do Valle d’Aosta, eles servem essa sobremesa como acompanhamento.

Além do tipo clássico, nos últimos anos os azulejos também são cobertos de chocolate.

7. Coppa dell’amicizia com caffé valdostano

Foto: Di Italy Chronicles Photos – wikipedia Commons

Cada refeição que se preze termina com um bom café, talvez o melhor e o mais particular para ser apreciado na companhia, e compartilhando a típica “Taça da Amizade” (Coppa dell’amicizia). O café do Valle d’Aosta, com açúcar, casca de laranja ou limão, é bebido “flamejante” com café e grappa. Bebem um de cada vez e no sentido anti-horário, dos diferentes bicos da xícara (chamados “à la ronde”). O café é corrigido com grappa e as raspas de açúcar e limão são adicionadas às bordas da xícara.

Ainda prove o  Gènèpy (saiba sobre eleaqui), um digestivo, um licor típico da área produzido por uma infusão de pequenas artemísias, mudas que crescem cerca de 2400 m acima do nível do mar e que conferem ao licor um sabor distinto.

Você já está com fome, certo? Prove com todos os sentidos esses deliciosos pratos típicos do Valle d’Aosta, que darão às suas férias um sabor único para recordar.

E ai? gostou de conhecer mais sobre o Valle D’Aosta? deixe seu comentário!

Mais dicas

Saiba mais

 

 

Deixe uma resposta

Style Switcher

Skin:

Backgrounds:

                       

You can also upload your own background from the Admin Panel.

Highlight Color:

             

Best viewed within the shop.

You can also create your own highlight color from the Admin Panel.