By

Com os seus edifícios medievais antigos, o evocativo centro histórico, a fusão harmoniosa de diferentes culturas, Bolzano é uma cidade extremamente animada e agradável para visitar. A proximidade com as belas paisagens das Dolomitas também o tornam um destino perfeito para quem gosta de caminhar nas montanhas e na vida ao ar livre.

O que ver em Bolzano então? A beleza de uma cidade rica em história, charme, sabores e ótimos produtos da terra, cercada por paisagens de tirar o fôlego.

Bolzano é sem dúvida uma parada que merece algum tempo se você passar alguns dias nas Dolomitas. Visitar Bolzano é muito simples: o centro não é muito grande e você pode ver tudo a pé. É chamada também de “Portal para as Dolomitas”, um lugar de encontro entre tradição e modernidade, toque latino e precisão alemã.

Um passeio pelo centro:

Começamos nosso itinerário para descobrir Bolzano na Piazza Walther, em homenagem a Walther von der Vogelweide, cuja estátua fica no meio da praça. Walter foi um grande poeta alemão, que viveu entre os séculos X e XI, e foi representado pela bela estátua do escultor  Heinrich Natter. A postura, voltada para o sul, foi a resposta do governo austro-húngaro à estátua que Trento erguera à Dante.

Toda a praça é cercada por belos e elegantes cafés e abriga o importante Mercado de Natal no inverno.

bolzano trentino 7

O que ver em Bolzano – piazza Walter – atrás a catedral

O Mercado de Natal de Bolzano é um dos maiores da Itália e um dos mais bonitos, quando fui fiquei maravilhada!

Veja mais no texto – Mercados de Natal no Trentino Alto Adige

mercado de natal de bolzano 2

Próximo a praça fica a Catedral, que da praça vemos a parte de trás, porém a parte mais bonita com telhado policromado, coberto com azulejos, já que a frente não possui decorações.

Entre os lugares a visitar em Bolzano, certamente a catedral é uma das mais importantes. Uma obra-prima capaz de combinar as novidades do gótico do norte da Europa, com a experiência dos trabalhadores da Lombardia, entre os mais renomados da Idade Média. O resultado é uma catedral gótica de grande encanto e harmonia.

bolzano trentino 5

o que ver em Bolzano – interno da catedral

Um pouco depois da Piazza Walther,  depois da Via Posta, a Chiesa dei Domenicani (Igreja Dominicana) merece uma visita. Aqui poucas pessoas sabem que uma pequena capela incrível e escondida. Sim, ao lado do coro, a capela de San Giovanni é decorada com afrescos da escola de Giotto, onde “Histórias do Batista” e um ciclo dedicado à Madonna são retratados de forma e cores incríveis!

bolzano trentino 11

Bolzano – Chiesa dei Domenicani

Hoje parte da área conventual da Igreja também abriga a Galeria Cívica e o Conservatório de Bolzano, vale a pena uma visita. Os frades instalaram-se na abadia no século XIII e desde então a igreja foi embelezada com novas capelas e obras de arte. Naturalmente, o esplêndido claustro também deve ser admirado.

Voltando à Piazza Walter, vá em direção à Piazza del Grano, onde fica a Casa del Pesa, assim chamada porque até 1780 havia a ponte de pesagem pública. Na fachada há restos de afrescos do século XVII.

bolzano trentino 12

Bolzano – Casa del Pesa

Da Piazza del Grano, você chega à Via dei Portici, o coração da antiga vila mercante e agora a rua central de compras. Se você estiver procurando por artigos esportivos ou roupas em estilo tirolês, este é o lugar para você!

Uma placa comemora o antigo hotel “Al Sole”, onde ficou o grande escritor alemão Goethe, entre outros o imperador Giuseppe II e o filósofo Johann Gottfried Herder. É bom caminhar sob os pórticos e admirar as fachadas com o seu característico “sporti”. Eu fiz primeiro de um lado e depois voltei e fiz o outro 🙂

bolzano trentino 13

Paralelamente às arcadas da via de Portici fica a Via Argentieri é construído no que já foi o fosso medieval da cidade. É uma das ruas medievais mais características de Bolzano, onde se pode admirar o Museu Mercantil (veja mais abaixo) e a Casa Troilo, com a sua torre de esquina.

Chegando a Piazza delle Erbe, rodeado por seus palácios característicos, é hoje o lugar do mercado de frutas com barracas permanentes exibindo perfeitamente legumes, frutas, bacon e salame, queijo, pão e flores. A Piazza delle Erbe foi construída no século XIII, enterrando assim o fosso que cercava as paredes da muralha da cidade.

bolzano trentino 9

Bolzano – piazza delle Erbe

Continuo do fundo da praça e chego à igreja gótica dos Franciscanos, com um encantador claustro do século XIV.

Intitulado ao poeta e jurista que era prefeito da cidade, Via Streiter é certamente um ótimo lugar para visitar em Bolzano, se você está procurando clubes e lojas. Especialmente no verão, a rua ganha vida com uma atmosfera única e animada. Muitos bares ao ar livre têm vista para a rua, atravessados ​​pelos característicos arcos medievais.

Mesmo a pitoresca Via Bottai certamente merece uma visita. Na verdade, a maioria das pousadas históricas de Bolzano, com suas placas de ferro forjado, tem vista para o antigo Hotel Luna Mondschein e ainda a sede administrativa do século XVI do conde do Tirolo Massimiliano I.

bolzano trentino 8

Bolzano – Piazza del Municipio.

Aqueles que visitam o centro de Bolzano não podem deixar de conhecer a bela Piazza del Municipio. Muitas vezes, o local de eventos e feiras, é também um canto muito elegante da cidade, com o Palazzo del Comune em estilo neo-barroco e Casa Amonn, decorado com estuques rococó.

No centro está também a Piazza della Mostra, lar de alguns dos edifícios mais prestigiados de Bolzano. Não há escassez de coisas para ver, incluindo o Palazzo Campofranco, com seu pátio interno, Palazzo Menz e Palazzo Pock, até o Zur Kaisertron, um dos restaurantes históricos da cidade.

Em Bolzano você também pode encontrar dois importantes galerias comerciais: a Galeria Sernesi e Galeria Europa, cheia de lojas chiques. Cruzando-los vai chegar à sede da Universidade de Bolzano e a ao Museu Civico e o Arqueológico.

Parada para almoço e caminhada al castelo!

castello roncolo trentino alto adige bolzano 7

Uma boa dia para a hora do almoço para quem gosta de experimentar comida de rua local  são os “bancos”, como são chamados aqui as barraquinhas,  que ficam no parque no longo rio Talvera.

Eu não escolhi esta localização por acaso, pois desde o longo do rio Talvera há uma caminhada que leva em cerca de 40 minutos até Castel Roncolo (se você tiver à pé claro). O percurso segue o curso do rio e atravessa-o no final do vale com uma ponte, depois mais alguns minutos de caminhada e chega-se ao pé do castelo.

Um caminho íngreme leva à bilheteria (esse você não tem como fugir nem de carro), onde todas as tardes (de março a novembro) você pode participar de uma visita guiada com um pequeno suplemento sobre o preço da entrada.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Castel Roncolo é também chamado de solar ilustrado pela quantidade e qualidade dos afrescos presentes nos seus quartos. Na verdade, assim que visitamos os primeiros quartos, parece entrar em outra realidade. A decoração dos quartos é o exemplo mais complexo de pinturas medievais de profano assunto na Europa, um verdadeiro vislumbre de conhecimento sobre a cultura cortesã gótico internacional: cenas de caça, dança, torneios, brasões e intrigas familiares.

Segredos e mistérios que sem a presença de um guia não seriam conhecidos. Lindos afrescos de Tristão e Isolda, muito mais escuros que os outros cômodos, segundo a técnica da terra verde, exceto as partes sangrentas da lenda, onde se destaca o vermelho sangue. No final, a visita foi muito interessante e aconselho a todos que deixem o centro de Bolzano durante algum tempo e visitem Castel Roncolo.

castello roncolo trentino alto adige bolzano 26

patio

Dica:

  • Se você não quiser dar um passeio, há um serviço de transporte que leva você do centro da cidade (piazza Walter) até o castelo – Navetta Castel Roncolo – é gratuita e somente de abril a 4 de novembro. veja aqui
  • info sobre o Castel Roncolo aqui
  • Leia nossos textos sobre castelos em – Os Castelos do Alto Ádige

Um antigo bondinho

Para aqueles que preferem não andar muito, a cidade possui três teleféricos que permitem alcançar o topo das colinas circundantes com facilidade.

bolzano trentino 10

Bolzano – funivia

O primeiro é o Funivia del Colle, o mais antigo de Bolzano, construído em 1908. Na estação você pode ver cópias dos vagões originais expostos.

A moderna Funivia del Renon, que liga a cidade até Soprabolzano é bem diferente. Dali parte o trem para Renon, uma rota ferroviária que chega até Corralbo, onde é possível admirar as mais belas vistas das Dolomitas.

O último teleférico é o que leva a  San Genesio. A partir da aldeia você pode desfrutar de uma bela vista para o Boschi del Salto e picos del  Catinaccio, um dos grupos mais espectaculares das Dolomitas, que ao pôr do sol fica bem vermelho.

Museus de todos os tipos:

Para os amantes da história, arqueologia e arte, há muitas propostas de Bolzano. Lugares de interesse cultural podem ser encontrados em toda a cidade, rica em museus e exposições de prestígio. Vejamos algumas opções:

  • o Museu Cívico preserva as mais belas coleções de arte do sul do Tirol, desde a Idade Média até os dias atuais. Museo Civico  – info aqui
Oetzi the Iceman Rekonstruktion 1

foto: wikipedia Commons

  • A pré-história deixou um testemunho muito importante no sul do Tirol. Aqueles que amam curiosidades devem visitar absolutamente o Museu Arqueológico, conhecido sobretudo pelo “homem do gelo”, Ötzi, exibido com sua roupa original. Este é o nome do homem da era do cobre (3000 aC) encontrado nas montanhas próximas: uma descoberta sensacional porque o gelo manteve inalterado não apenas o corpo do caçador pré-histórico, mas também suas armas, seu arco, até mesmo parte do suas roupas. Um achado verdadeiramente único na Itália. Museo Archeologico dell’Alto Adige – info aqui 
  • O palácio administrativo dos imperadores da Áustria é hoje o lar de outro importante museu da cidade, o Museu de Ciências Naturais. Aqui pode encontrar uma explicação de todos os ambientes do sul do Tirol, com particular referência à história da formação das Dolomitas. A principal atração é o aquário marinho.  Museo di Scienze Naturali dell’Alto Adige – info aqui.
  • Embora Bolzano seja uma cidade predominantemente medieval, não faltam espaços para arte contemporânea e arquitetura. Estes incluem o Museion é provavelmente o mais interessante: um edifício muito moderno que abriga exposições, conferências e performances de grande importância. Museion – Museo di arte moderna e contemporanea – info aqui
  • Uma encruzilhada entre o norte da Europa e a Itália, Bolzano tem sido uma cidade próspera do ponto de vista comercial há séculos. A história do tráfego mais importante para a capital do sul do Tirol é contada pelo Museu Mercantil, localizado no palácio do comerciante do século XVII, no centro histórico. Museo Mercantile – info aqui
  • Bispos e religiosos sempre estiveram entre os maiores patronos da arte, por isso não é surpreendente que a catedral de Bolzano também tenha uma coleção muito rica de obras, objetos litúrgicos, jóias e pinturas de grande valor. Todas essas obras históricas podem ser admiradas no Museu do Tesouro. Museo del Tesoro del Duomo – info aqui
  • uma curiosidade é o Museu da Escola, uma exposição certamente original, que traça o cotidiano das três comunidades da cidade (italiana, alemã e ladina) do século passado através de boletins, documentos, cartazes, materiais didáticos e fotografias antigas. Museo della Scuola – info aqui

Curiosidade: Acredita-se haver uma maldição ao redor da múmia Ötzi, que estaria zangada com as pessoas que a perturbassem em seu descanso. Até agora, das sete pessoas que entraram em contato com o cadáver congelado, tiveram acidentes estranhos que resultaram em morte. Entre elas encontram os cientistas que estudaram o corpo e o próprio descobridor de Ötzi, Helmut Simon, que faleceu ironicamente numa forte tempestade de neve e faleceu na mesma posição de Õtzi, enquanto passeava pela Áustria numa região a 100 km do local original.

Culinária e vinho:

trento 2 7

canederli – sopa com bolas de pão, queijo e presunto triturado

Visitar Bolzano também significa imergindo-se em um canto da Itália fortemente ligada ao mundo do norte da Europa, suas tradições e sua culinária. Não deixe de provar os principais pratos da tradição tirolesa do Sul: o ravioli tirolês Schlutzkrapfen, ravióli recheado com ricota, e o spätzle di spinaci, pequenos nhoques de espinafre,  e os preparados à base de carne de veado e meus favoritos, os tradicionais canederli, bolinhos tradicionais de pão recheado com uma enorme variedade de ingredientes.

Veja mais delicias neste texto -> o que provar nos mercados de natal no Trentino

A tradição culinária do Tirol do Sul é acompanhada por uma forte propensão à produção de excelentes vinhos, e Bolzano não fica muito atrás. O mais famoso é obviamente o Lagrein, um prestigiado vinho tinto e o principal produto da cidade, juntamente com a Santa Madalena, que leva o nome da aldeia onde é produzido.

Onde dormir:

Eu fiquei fora da cidade, na parte mais alta em um ótimo 4* –   Hotel Der Waldhof, bem nas montanhas, perto de Lana e a 40 minutos de Bolzano, este hotel vale um post sobre ele, além de ser lindo, com vista para as montanhas e uma Castelo, ele tem um restaurante delicioso (eu reservei o hotel com pensão completa) com culinária trentina em versão gourmet!

O Hotel Greif é um 4* no centro com vista para Piazza Walter, é um ótima opção para quem esta à pé.

Hotel Weihrerhof 4* – fora de Bolzano. Uma casa nas margens de um lago onde você pode tomar café da manhã na ilhota deste sugestivo corpo de água. Spa e piscina interior completam a oferta de bem-estar.

Mais dicas

Saiba mais

 *Este post contém links para afiliados. Para ver nossa política de monetização, clique aqui.

♦ Mapa                                                                                     

 

 

Deixe uma resposta

Style Switcher

Skin:

Backgrounds:

                       

You can also upload your own background from the Admin Panel.

Highlight Color:

             

Best viewed within the shop.

You can also create your own highlight color from the Admin Panel.