O Lago de Garda

 •  40

By

3

Convidamos Tatiana Caloi Stinchi, que mora no Trentino há 3 anos e conhece bem a região, a contar um pouco sobre os lugares incríveis daquela parte da Itália. Hoje ela nos dá ótimas dicas do Lago de Garda.

O Lago de Garda – por Tatiana Caloi Stinchi

Praia e montanha, assim é conhecido o Lago de Garda (antigamente chamado “Benaco”), o maior lago da Itália. Com uma brisa que te faz lembrar a praia a dois passos das montanhas. Região chamada de pré-dolomitas, visto que a cidade mais ao norte do lago, Riva del Garda, se encontra a 40 minutos das Dolomitas do Brenta.

Esse enorme lago de águas claras e profundas compreende 3 regiões da Itália (Trentino, Lombardia e Veneto), já foi um glaciar com altura estimada de 1700m e por isso ao seu redor rochas magnificas para a prática de escalada.

Tour no Lago de Garda

Faça um passeio eno Lago de Garda, e não só, com uma guia autorizada que fala português!

Uma viagem super bacana é fazer a volta do lago, pode ser dentro de um carro, em cima de um “motorino” (scooter) ou para os mais atléticos em bicicleta, é um giro muito conhecido entre os ciclistas! São 150Km de um asfalto perfeito e bem cuidado. Parando de cidade em cidade, de castelo em castelo, de praia em praia, passando por exemplo pelas vinícolas de Bardolino e as plantações de azeitonas de Malcesine, que produzem deliciosos azeites de oliva.

Vista do Monte Brione - Foto: Tatiana Caloi Stinchi

Vista do Monte Brione sentido Sul – Foto: Tatiana Caloi Stinchi

Praias e castelos

Parecem duas coisas que não combinam? Mas no Lago de Garda o que você mais vai encontrar são prainhas e castelos.

Um detalhe muito importante é que o fundo do lago é de pedras, são elas que dão a ele esse aspecto sempre límpido e claro. Aqui não se encontra a água turva em nenhum período do ano, pois não existe a areia que levanta de acordo com o vento e a maré. Porém, é um pouco desconfortável caminhar sob as pedras, então havaianas na mochila! E um colchãozinho ou uma cadeira para tomar sol ao invés de só a toalha pode ser mais confortável.

O Lago é repleto de pequenas praias, a maior dificuldade na alta estação é encontrar um estacionamento, por esse motivo a dica é ou a scooter ou as prainhas privadas. Existem algumas  que você paga uma média de 15 euros e tem toda infraestrutura (espreguiçadeiras, toalhas, estacionamento, bar, restaurante, etc).

vista de Riva del Garda - Foto: Tatiana Caloi Stinchi

Vista de Riva del Garda – Foto: Tatiana Caloi Stinchi

O lago e o esporte

O lago é um convite ao esporte, os mais praticados são:

  • Escalada
  • Vela
  • Ciclismo
  • KiteSurf
  • WindSurf
  • StandUp
  • Corrida de montanha
  • Caminhadas

Poderia fazer um post para cada um deles de tanto assunto.

A Escalada é muito conhecida e praticada na região. Escaladores vem do mundo inteiro para escalar nos arredores da cidade de Arco, cidade onde nasceram os campeonatos de escalada esportiva, o “Rock Master”, que acontece sempre em setembro.

Dicas do Lago de Garda

Cesar Grosso, atleta brasileiro, no Rock Master 2013 – Foto: Tatiana Caloi Stinchi

A Vela é mais praticada no norte, nas cidades de Riva del Garda e Torbole (parte Trentina). Região inclusive onde o Robert Scheidt treina em certo período do ano.

O Ciclismo é praticado de norte a sul. Passeando pela costa você sempre encontrará um grupinho de ciclistas, mesmo a estrada Gardesana sendo muito estreita eles são muito respeitados.

O KiteSurf é muito praticado na parte da Lombardia, isto é no centro-sudoeste.

O WindSurf  seja em Malcesine (parte Veneta), que no norte entre Torbole e Riva del Garda (parte Trentina).

WindSurfers Riva del Garda - Foto: Tatiana Caloi Stinchi

WindSurfers Riva del Garda – Foto: Tatiana Caloi Stinchi

Todos os esportes são muito influenciados pelo vento do Lago. Pela manha é muito calmo, e a partir da hora d almoço começa o “hora do Garda”, um vento que vem do sul para o norte com uma grande força que ele até nome tem!

Na parte Trentina é proibido barcos a motor que não sejam de utilidade pública, então isso proporciona águas mais limpas, mais tranquilidade e segurança para a prática dos esportes. Os únicos barcos que existem são aqueles para o transporte público. As linhas podem ser encontradas a partir deste link http://www.navlaghi.it/ita

Na ilustração abaixo é possível ter uma clara idéia da disposição do Lago de Garda.  As balsas vão de norte a sul de leste a oeste.

Garda 11

 

O Lago de Garda – Norte

 

Limone – Riva del Garda – Torbole – Malcesine

O Norte do Lago de Garda foi muito influenciado pela 1a. Guerra Mundial.

Palco da sangrenta disputa, aproximadamente 80% das principais batalhas ocorreram em meio a estes vales e montanhas, assim, chamada também de “guerra alpina”.

O território do norte do Lago até o atual limite do país, pertenciam ao Império Austro-Húngaro, e com a 1a. Guerra, a Itália teve a oportunidade de retomar o território roubado pelos Franceses e entregue aos Austríacos por volta do ano 1700 d.C.

Pelo norte da Itália ter passados todos esses anos sob influência austríaca,  até hoje muitos dos costumes e tradições são tiroleses. (Região que compreende a Áustria e sul da Alemanha)

Vista do Monte Stivo - Foto: Tatiana Caloi Stinchi

Vista do Monte Stivo – Foto: Tatiana Caloi Stinchi

 

Limone (Lombardia)

A pequena e bela Limone del Garda, região da Lombardia foi ocupada pelos romanos por volta de 200 d.C. foi parte da República Veneziana, depois do império Austro-Húngaro para depois fazer parte da República Italiana. O que era uma vila de pescadores se tornou também cultivadora do Limão em um terreno de montanha muito difícil de ser trabalhado e hoje é um dos maiores pólos turísticos do Lago de Garda.

Então já deu para ver que uma visita a essa encantadora cidade garante um bom peixe e um delicioso Limoncello, um licor digestivo.

Da cidade de Limone parte uma balsa que cruza para Malcesine, ou desce para Sirmione ou sobe para Riva del Garda. Mas o passeio de carro pela Gardesana (estrada que circunda o lago) é inesquecível!

Gardesana - Foto: Tatiana Caloi Stinchi

Gardesana – Foto: Tatiana Caloi Stinchi

Foto: extraída do site Limone Xtreme Race

Foto: extraída do site Limone Xtreme Race

A partir de Limone partem diversas trilhas, seja para caminhar, seja para Trail Run, o lugar é excepcional! As trilhas levam a refúgios de montanha que servem pratos de típicos e de alta qualidade.

No mês de outubro a cidade inteira torce pelos atletas da Limone Xtreme, prova faz parte do circuito mundial de corridas de montanha com 3 provas no mesmo final de semana, a Km vertical, Sky Race e 10km sempre de montanha.

Riva del Garda e Torbole (Trentino)

Ponto mais ao norte do Lago!

Cidades que unem o relax e o esporte. Ribeirinhas e agitadas, o verão gira em torno delas!

Você encontrará pequenos hoteizinhos, casas turísticas e também luxuosos Resorts. Mesmo se você resolver economizar e ficar em um hotel pequeno, ele terá todo o charme do Lago. E você pode visitar os Resorts em um day Spa para relaxar!
Seja em Riva del Garda, seja em Torbole encontraremos inúmeros restaurantes a beira do Lago. Como são cidades no extremo Norte, a vista sentido Sul é deslumbrante. Em dias bonitos é possível ver até Sirmione, lá no outro extremo, cerca de 70Km em linha reta. Aconselho os peixes do Lago! E um sorvete não pode faltar!

Nessas cidades é muito fácil alugar bicicletas, a preferência é sua, pode ser mountain-bike, elétricas ou bicicletas de estrada. Ciclovias para todos os lados!

Vista de Torbole - Foto: Tatiana Caloi Stinchi

Vista de Torbole – Foto: Tatiana Caloi Stinchi

A partir de Riva del Garda a caminhada que não se pode perder é:

 

Estrada Ponale

Tunel da Estrada Ponale - Foto: Tatiana Caloi Stinchi

Tunel da Estrada Ponale – Foto: Tatiana Caloi Stinchi

Aberta por volta do ano 1848 para tirar o vale vizinho  (Vale de Ledro) do isolamento, e ligá-lo ao Vale do Sarca. Antigamente o que ligava estes dois vales era apenas o rio Ponale, que esculpia as rochas até desembocar no Lago de Garda. Foram abertos túneis e escavadas rochas para a passagem da estrada.

Na 1a. Guerra a Ponale foi ocupada pelo exército italiano para proteger o Lago e o canal de água que abastecia Riva del Garda. Passeando por ela ainda hoje se vêem os abrigos e trincheiras construídos neste período. Esta estrada fora do comum, que hoje é ainda de terra e fechada para automóveis, é muito frequentada por corredores e mountain-bikers.

 

Malcesine (Veneto)

O Borgo de Malcesine é absolutamente imperdível, o castelo ainda está em ótimas condições, as vielas apertadas medievais ainda dão um delicioso ar para a cidade.

Por meio dessas ruas estreitas a cada esquina um bar ou um restaurante mais lindo que o outro.

A cidade produz o próprio azeite de Oliva, puro puro! Uma delícia!

Praias excepcionais e tantas escolinhas de Wind Surf.

Malcesine - Foto: Tatiana Caloi Stinchi

Malcesine – Foto: Tatiana Caloi Stinchi

 

Sobre o Norte do Lago de Garda fico por aqui!

Em breve preparo um novo post sobre o Sul do lago, região mais plana, castelos maiores cidades encantadoras como Sirmione, Desenzano del Garda, Torre de Benaco e Toscolano Maderno!

Até breve, boa viagem!

 

Mais dicas

Saiba mais

* Este post contém links para afiliados. Para ver nossa política de monetização, clique aqui.

40 Comments

  1. Luiza / 11/03/2019 at 02:12 /Responder

    Lago de Garda ou Lago do Como? Qual escolher para ir com a família e bebê de 1 ano?!
    Adoro as dicas!!!
    Obrigada!!!

    • Patrícia Kalil / 13/03/2019 at 17:32 /Responder

      Olá Luiza,

      Dependendo da época do ano, indiferente. O Lago de Garga é imenso, é só fazer seu roteiro pelas cidades que quer visitar e irá se divertir. O de Como é menorzinho.

      Um abraço,

      Patricia

  2. Cláudia / 09/02/2019 at 16:37 /Responder

    Olá! Obrigada por compartilhar essas dicas! Estão muito boas! Estou indo para o Lago de Garda na primeira semana de outubro. Vou ficar 5 dias e depois sigo para as Dolomitas para mais 5 dias por lá. Sei que o calorzão do verão já vai ter passado, mas queria saber se normalmente nesse inicinho de outubro ainda da para curtir as “prainhas” ao redor do Lago?

    • Patrícia Kalil / 10/02/2019 at 20:47 /Responder

      Olá Cláudia,

      Em outubro faz já frio no Lago de Garda, então não dá para curtir as praias. Mas mesmo assim você pode aproveitar para descobrir as lindas cidades ao redor dele!

      Um abraço,

      Patricia

  3. Beatriz Pinheiro / 28/01/2019 at 03:23 /Responder

    Prezadas Deyse e Patricia, adorei encontrar este site! Excelente trabalho.
    Cara Tatiana, após alguns dias no sul da Itália terei livre a semana de 1 a 8/jun/19, antes de retornar ao Brasil. Estou pensando em visitar Milão e Lago di Garda. Estarei sozinha, não quero alugar carro.
    Dúvidas:
    – Poderia me indicar boas operadoras locais de turismo?
    – Além de Milão e Lago di Garda incluiria outras cidades ou lagos?
    – Das 5 ilhas do L. di Garda todas merecem visitas? Quais as melhores?
    – Entre as cidades em torno do L. Garda, quais as imperdíveis? Considerando meu limite de tempo máximo de 7 dias.
    Procuro boas opções econômicas, o euro não é fácil para nossa moeda brasileira…
    Agradeço imensamente sua atenção e toda ajuda que puder me enviar.
    Boa semana!

    • Deyse Ribeiro / 28/01/2019 at 23:03 /Responder

      Beatriz, tudo bem? Nos somos uma empresa de serviços turísticos, podemos lhe atender tranquilamente. Vamos lhe mandar um email com nossos preços. Obrigada!

  4. Murilo Citadin / 29/05/2018 at 15:48 /Responder

    Olá, muito bom seus comentários, gostei muito, se puder ajudar agradeço. Saio de carro de Milão as 9h de uma quinta-feira de junho com destino ao lago de Garda, eu e minha esposa. Nossa intenção é passar o dia todo lá, indo para Verona final do dia, 19h mais ou nenos, onde temos hotel reservado. Vi que no lago tem muuuuita coisa legal para fazer, o que você indicaria nesse tempo que ficaremos lá? Obrigado!

  5. Myriam / 26/02/2018 at 04:33 /Responder

    Ola. Estou pensando em passar 2 dias em Sirmuone, vindo de trem de Veneza em maio. Descenzano é perto de Sirmione e pensei em me hospedar lá . Há hotéis razoáveis em Descenzano para 2 noites? Pode me indicar? Onde tomo o onibus para Sirmione?

  6. Lucila Vieira / 28/10/2017 at 01:36 /Responder

    Não sei se estou dentro do seu contexto de comentários, mas foi o unico lugar que encontrei para fazer essa pergunta: Estive em Abril desse ano, tentando chegar até Sirmione. De trem fui até Desenzano del Garda, mas não encontrei transporte até Sirmione que era meu destino final. Veja bem, sou brasileira e não falo italiano, por isso fiquei sem poder perguntar onde encontraria meios para chegar ao meu destino. Gostaria de voltar algum dia, agora que sei que estava tão próximo de lá. Gostaria de saber qual transporte, qual linha de ônibus me leva até lá, partindo de Desenzano? Não quero ir de táxi. Tenho imensa vontade de ir até Sirmione. Sou uma turista com poucos recursos, mas com uma vontade imensa de conhecer lugares da Itália. Se desejar, não exponha ou publique meu texto. Muito agradecida. Lucila

    • Tatiana Caloi Stinchi / 29/10/2017 at 18:16 /Responder

      Olá Lucila,
      Sinto muito você não ter encontrado o Ônibus. Desenzano é bem perto de Sirmione. O Ônibus te levará até Sirmione e depois você deve r caminhando até a ponta da peninsula para visitar o Castelo e a cidade medieval.
      Da estação você pega o ônibus LN026 de linha que demora cerca de 25 minutos e passa a cada hora (9 paradas até Colombare – cimitero) de lá você segue a pé!
      Espero ter ajudado.

  7. alexandremaffra / 27/09/2017 at 22:31 /Responder

    Olá. Estou planejando ir no fim de novembro. É uma boa época para conhecer a região? faz muito frio?
    abs,

    • Tatiana Caloi Stinchi / 28/09/2017 at 06:55 /Responder

      Ola,
      Novembro jà é bem friozinho sim!
      Mas dependendo do Outono os dias são bem limpos e bonitos!
      Mas pode trazer jaqueta e cachecol!

  8. Glaucineide Alves / 10/09/2017 at 08:58 /Responder

    Olá Tatiana, bom dia! Talvez você possa me ajudar.Gostaria de informações sobre a strada della forra, Termosine. Não encontro informações sobre excursões, se é que existe algum tour pelas estradas ao longo do Lago de Garda ou se o acesso tem mesmo de ser de carro, moto ou bike. Outra pergunta é se indo pelo lado de Limone os túneis escavados são parecidos com os da strada della. é possível comprar tours para essa região?Agradeço imenso se me puder ajudar. Obrigada!

    • Tatiana Caloi Stinchi / 28/09/2017 at 06:56 /Responder

      Desculpe a demora!
      Nunca fiz a fora, muito fazem de bike, dizem que é maravilhosa!
      Nao saberia te dar muitas informações!

      • Glaucineide Alves / 28/09/2017 at 10:42 /Responder

        Obrigada pela atenção Tatiana Caloi. O blog é maravilhoso! Parabéns!

  9. Elizabeth vicente / 04/09/2017 at 00:18 /Responder

    Oi Tatiana estamos com viagem marcada para Itália em outubro. Vamos ficar em Verona 3 dias e pretendemos conhecer o lago del garda em um dos dias passeando por Sirmione, Bordolino, malcesine e rica del garda. Como será outono, gostaria de saber se é frio, e se vc acha interessante o nosso roteiro. Obrigada. Elizabeth

    • Tatiana Caloi Stinchi / 04/09/2017 at 08:40 /Responder

      Olá Elizabeth, Outubro já é um mês frequinho! Mas é uma epoca linda! Um pouco mais sossegado e tranquilo. Um casaco a noite com certeza, mas de dia um solzinho gostoso. O pulo no Lago acho que só para os mais corajosos! Seu roteiro parece ótimo!
      Boa viagem!

      • Elizabeth / 04/09/2017 at 12:58 /Responder

        Muito obrigada Tatiana. Grande abraço

  10. Bruno Barbosa / 27/07/2017 at 15:13 /Responder

    Oi Tatiana, me tira uma dúvida, por favor: no meu roteiro estarei em Riva del Garda dia 11 de Outubro, durante todo o dia (estarei hospedado em Trento). Será se consigo passear um pouco pela cidade, alugar uma bicicleta e ir até Malcesine?

    • Tatiana Caloi Stinchi / 28/07/2017 at 07:10 /Responder

      Oi Bruno,
      Tudo depende de quanto tempo após o Trabalho!é possível alugar bicicleta sim, Malcesine aconselho apenas se você está acostumado a pedalar com bike de estrada ir e voltar serão mais ou menos 50 minutos. No verão as estradas estão com algumas regras rígidas como colete refletor e luzes, é bem movimentada pelos turistas. Existem também quilômetros de ciclovias exclusivas que vão sentido norte, para dentro do Vale passando por Arco, Dro, e Pietramurata (sentido Trento). Se você curte MTB tem que fazer a estrada Ponale que parte de Riva e vai ao lado da margem!
      Trento fica a 1h de onibus ou 45 min de carro.

  11. tcaloistinchi / 24/07/2017 at 09:13 /Responder

    Ola Kezia,
    Voce pode descer em Peschiera del Garda (Sul do Lago) ou em Verona e seguir de onibus.
    De Malpensa voce pega o trem para Milano Centrale e de la para Peschiera ou Verona.
    ciao,

    • Kezia / 24/07/2017 at 09:50 /Responder

      Muito obrigada pelo retorno Tatiana!!!!bjim

  12. Kezia / 21/07/2017 at 23:57 /Responder

    Ola Tatiana, estou indo para Lago de Garda em
    Agosto é gostaria de sua ajuda para comprar tickets de trem saindo do aeroporto de Malpensa! Aguardo sua ajuda

    • Tatiana Caloi Stinchi / 22/07/2017 at 09:00 /Responder

      Oi Kezia,
      Geralmente uso trenitalia.com
      Tudo depende de qual o seu destino no Lago de garda! é enorme!
      Se for para o Sul desceria pela estação de Desenzano, para o norte voce teria que ir até Verona, trocar de trem e descer em Rovereto. De la onibus até Riva del Garda/ Torbole!
      Espero ter ajudado.
      Boa viagem!

      • Kezia / 22/07/2017 at 10:42 /Responder

        Obrigada pelo
        Retorno Tatiana
        Esse é meu Hotel: Via degli Alpini, 7, 37010 San Zeno di Montagna VR, Italy

        Vc pode me indicar a estacao mais perto p descer e se eu pego o trem no aeroporto de Malpensa mesmo?
        Obrigada pela ajuda

  13. tcaloistinchi / 05/07/2017 at 20:26 /Responder

    Oi Valdenice, Infelizmente não conheço. O máximo que posso ajudar é indicar este centro em Arco, muito perto do norte do Lago. http://www.kushi-ling.com

  14. Valdenice Aguiar / 01/07/2017 at 06:38 /Responder

    Perdão, vc é Tatiana rsrsrs

  15. Valdenice Aguiar / 30/06/2017 at 16:55 /Responder

    Oi Nathalia !
    Vc conhece algum mosteiro ou casa de retiro espiritual, para que eu possa passar uma semana as margens do Lago de Garda em Maio de 2018?

  16. Nathalia / 21/04/2017 at 22:27 /Responder

    Olá Tatiana, bem legal seu post. Entre essas cidades, qual você indicaria para passar a noite? Vou sair de Veneza e pretendemos dar a volta no lago, ficando passando uma noite em uma das cidades. Obrigada!

    • Tatiana Caloi Stinchi / 24/04/2017 at 07:45 /Responder

      Oi Nathalia,
      Como escrevi no post, sou apaixonada pelo norte do Lago. O encontro da montanha com a água é lindo e da metade para cima as margens do lago são montanhas. O Sul é mais plano mas lindo ao mesmo tempo.
      No norte te aconselho Riva del Garda ou Torbole (São as cidades mais ao norte) delas se o dia está limpo você consegue ver até Sirmione (ponta Sul). Neste site você pode procurar hotéis e atividades http://www.gardatrentino.it/it/lago-di-garda/
      Assim você pode fazer meio lago em um dia parando em Malcesine, dormindo em Riva e fazer meio lago no outro dia, parando em Limone e Desenzano del Garda!
      Boa viagem!

  17. tcaloistinchi / 16/02/2017 at 22:02 /Responder

    Oi Silvia,
    Abril é fresco mas não chega a ser frio! Entrar no lago é algo para os MUITO corajosos mas um solzinho e um bom passeio vale a pena. Sempre com um casaquinho na mão! Você com certeza vai ver muita gente pedalando já neste periodo e qualquer maluco fazendo site surf!

  18. Silvia Regina Hebling Frungilo / 15/02/2017 at 18:18 /Responder

    Olá Tatiana. Adorei o seu relato. Vou pra Itália e no começo de abril estarei em Verona. É frio em abril pra passear nessa região do Lago?? Abs Sílvia

  19. Mara Novaes / 31/01/2017 at 22:39 /Responder

    Olá Tatiana, boa noite! Tudo bem?
    Estou indo ao Lago Di garda em fevereiro e vamos ficar em Malcesine e temos a intenção de esquiar na Funivia em Monte Baldo, você teria ideia quais datas que a estação está aberta e valores para esquiar?
    Não consigo encontrar em lugar nenhum e o que achei de informação está um pouco incompleto.

    Agradeço sua atenção!
    Obrigada.

    Mara Novaes.

    • Tatiana Caloi Stinchi / 01/02/2017 at 12:57 /Responder

      Oi Mara,
      A funivia de Malcesine vai para a estação de Pra Alpesina que pode ser interligada com outras duas (Polsa e San Valentino) com um onibuzinho de 15 minutos.
      A funivia vai custa ida e volta 15 euros ja com o passe de esqui para Pra Alpesina.
      Este site tem as informações de preços e horários. http://www.funiviadelbaldo.it
      Eles começam a primeira subida as 8 e a cada 30 minutos ate as 16h
      Para as outras estações você pode olhar pelo http://www.brentonicoski.it
      E se quiser ir mais longe te aconselho as estações de Ski Paganella (cerca de 1h de Malcesine) ou Madonna di Campiglio (cerca de 2h de Malcesine) Sao estações maiores com mais pistas e mais longas já nas Dolomitas do Brenta.
      Aqui ainda esta com pouca neve mas a previsão é neve esta semana!
      Espero ter ajudado!
      Boa viagem!

  20. tcaloistinchi / 29/12/2016 at 14:01 /Responder

    Oi Romao,
    é possível visitar Limone e Riva no mesmo dia sim!
    mas o gostoso é ficar na praia, almoçar na beira do lago com calma. Comprar um bom azeite de Oliva, tudo depende da sua programação.
    Mas de Limone para Riva de carro é super rapido.

  21. sioneromao / 20/12/2016 at 19:49 /Responder

    consigo visitar limone e riva del garda em 1 dia?

  22. Tatiana Caloi Stinchi / 22/11/2016 at 18:00 /Responder

    Olá Carmen,
    A gardesana é lindíssima e segura! O asfalto é perfeito principalmente na parte Trentina! Hehehe
    A única coisa é que ela é estreita e isso requer um pouco de atenção! Principalmente porque agosto é o mês mas cheio do ano aqui no Lago de Garda, muitos turistas pela estrada.
    Pela altura se vc escolher a margem leste, ou seja, de Sirmione a Malcesine (lado oposto a Limone) não dá impressão de altura! Enquanto pro lado de Limone você passa pelos inúmeros túneis escavados! É uma linda viagem.
    Quando a balsa não sou muito entendida mas te deixo este link para consultas. http://www.navlaghi.it
    As tarifas são mais ou menos de 15€ e deve demorar cerca de 3h.
    O lago de norte a sul tem cerca de 80km.
    Espero te ajudado!
    Boa viagem!

  23. Carmem / 21/11/2016 at 18:48 /Responder

    Olá,Tatiana. Estou planejantoo viagem para Lago di Garda em agosto. Gostaria de saber a distância entre Limone Sul Garda e Sirmione via balsa. Também queria saber sobre as condições da estrada Gardesana. Se são perigosas e até mesmo se pessoas com medo de altura podem ficar tensas no trajeto. Obrigada!

  24. Gustavo Palma / 03/05/2016 at 15:48 /Responder

    Muito boas informações e dicas

Deixe uma resposta

4

Style Switcher

Skin:

Backgrounds:

                       

You can also upload your own background from the Admin Panel.

Highlight Color:

             

Best viewed within the shop.

You can also create your own highlight color from the Admin Panel.