Por

Os arredores de Fermo oferecem cidades encantadores e incontaminadas, joias antigas a serem redescobertas, são Moresco, Torre di Palme e Compofilone.
Torre di Palme é uma verdadeira joia a ser descoberta a pé em poucos minutos. Entre ruelas, pequenas igrejas e recantos floridos chegará a Piazzale Belvedere de onde terá uma vista maravilhosa sobre o mar. O burgo está rodeado pela densa vegetação do Boschetto di Cugnolo, uma área florística protegida, de onde um curto caminho leva à sugestiva Grotta degli Amanti.
Alguns quilômetros ao sul você encontrará Moresco e seu castelo e torre  fascinante. Acredite, este pequeno burgo possui comente 600 moradores e foi escolhido como uma dos ” Borghi più belli d’Italia” burgos mais bonitos da Itália.
Já a pequena Campofilone, onde caminhando entre paredes e um labirinto de becos, ainda se pode sentir o cheiro da antiga tradição culinária local, os Maccheroncini di Campofilone, finíssimos fios de massa de ovo conhecidos e apreciados em todo o mundo, absolutamente imperdível!

Torre di Palme

Torre di Palme é uma varanda panorâmica fantástica no topo de uma colina com vista para a costa e o Mar Adriático. Torre di Palme, na verdade uma fração do município de Fermo, com vista para o mar. A aldeia possui edifícios característicos e várias igrejas que indicam não só a antiga relação com o mar, mas também com a cidade dominante.

A cidade foi construída na Idade Média como uma proteção fortificada do antigo porto marítimo da cidade romana de Palma, a fim de protegê-la de frequentes ataques de piratas. A zona costeira entre os rios Tesino e Chienti, referida em mapas geográficos antigos como “Agro Palmense“, tinha o seu porto na antiga Palma, no Agro Piceno, citado por Plínio, o Velho, para a produção do excelente vinho Palmense.

Torre di Palme destaca-se pela preservação do seu meio ambiente e pela uniformidade estilística dos edifícios medievais e renascentistas, elementos que a tornam, apesar da sua pequena dimensão, um dos centros históricos mais interessantes da região.

A aldeia é cortada de oeste a leste pela via Piave que, além de abrigar os edifícios mais significativos da cidade antiga, permite admirar incomparáveis ​​vistas urbanas nas quais as ruas estreitas, caracterizadas por fachadas de terracota floridas de gerânios, emolduram amplas vistas sobre o mar e colinas circundantes.

A visita da vila pode começar pela Igreja medieval de S. Maria a Mare com afrescos que testemunham devoções antigas, a Igreja de S. Agostino com um políptico de Vittore Crivelli repleto de santos e com seu fundo dourado que lembra o paraíso e Antiga Igreja de S. Giovanni com seu belo portal. Caminhando pelas ruelas parece que o tempo parou, respira-se um ambiente autêntico rodeado de edifícios feitos pelo homem em harmonia com o que a própria natureza criou. A rua principal termina na praça do Belvedere, de onde se tem uma vista maravilhosa da costa e do mar abaixo.

A aldeia está rodeada pela densa vegetação do Boschetto di Cugnolo, uma área florística protegida, interessante porque preserva espécies típicas do matagal mediterrâneo; a área é um destino ideal para os caminhantes, também graças à sugestiva Grotta degli Amanti, teatro do amor trágico de Antonio e Laurina, os dois amantes que morreram jogando-se no vazio do Fosso di San Filippo.

Moresco

Há 13 km de Torre di Palme fica Moresco. um comune de somente 600 habitantes!

Na Idade Média, foi um reduto do Município de Fermo na guerra contra Ascoli; a sua posição estratégica ainda é evidente: da aldeia, de facto, pode desfrutar de uma vista espectacular que vai do Monte Conero ao Gran Sasso.

Pequeno povoado em perfeito estado de conservação com seus pitorescos edifícios. Totalmente rodeada de muralhas, apresenta uma forma triangular com a imponente torre de 7 lados do século XII no topo que acolhe, sobretudo no verão, exposições fotográficas e obras de arte. A outra torre, conhecida como torre do relógio, data de 1300, domina a antiga porta de acesso ao castelo com um elegante pórtico do século XVI.

Existem muitas hipóteses sobre o porquê desta torre ter sete lados, e uma das teorias mais convincentes diz respeito ao cume deste heptágono que parece apontar para o Monte Sibilla, um lugar cheio de magia e mistério. Sete é certamente um número com múltiplos significados: era considerado pelos antigos como o número perfeito, relatado nos dias da semana e várias vezes também no Antigo Testamento. É possível subir na torre, como eu fiz, de lá tem-se uma vista incrível.

Entrando na cidade, uma longa faixa de pedra a atravessa, lembrando como uma vez uma igreja existia no lugar da antiga praça. De fato, sob um pátio com pórticos, pode-se ver um afresco de uma Madona con bambino, feito pelo pintor Vincenzo Pagani. Este pórtico nada mais é do que a nave da Igreja que hoje já não existe.

Saindo ligeiramente do burgo, ao longo da estrada, é possível capturar um antigo templo que parece ter caído num jardim bem cuidado: é a Igreja de S. Maria della Salute, um pitoresco local de culto com uma bela cúpula, construído no lugar de um santuário devocional anterior.

Fora das muralhas, você pode visitar o Santuário da Madonna della Salute e a Igreja da Madonna dell’Olmo, com no interior um santuário religioso com afrescos do Pagani que divide a igreja em duas de uma forma incomum e original. Em vez disso, a Igreja de Santa Sofia, que se encontra depois de passar por baixo da torre do relógio, mudou de uso: conhecida como “lu teatrì”, depois da desconsagração, hoje é um pequeno teatro.

 

Uma parada culinária também é recomendada em Moresco. Espalhados pela aldeia existem muitos produtores locais onde se podem comprar carnes, queijos, azeites e vinhos com uma excelente relação qualidade-preço.

Entre os eventos mais significativos que acontecem em Moresco durante o ano, lembramos: a festa do padroeiro San Lorenzo Martire (agosto) e a festa do Braciere (outubro).

Campofilone

Há 11 km de Torre di Palme, fica Campofilone. Localizado em uma posição montanhosa ao longo da costa Adriática entre San Benedetto del Tronto e Fermo, domina o vale inferior do rio Aso, combinando, em um esplêndido afresco natural, o verde do campo de Marche com o azul do Mar Adriático, a apenas 3 km de distância.

Cruzados pela antiga estrada consular costeira romana, no início da Idade Média os monges beneditinos se estabeleceram na colina Campofilone. De 1066 é a abadia de San Bartolomeo di Campofilone, que já naquela época era autónoma e geria grandes latifúndios, o que a colocava entre as abadias mais ricas da zona do Fermo. Atualmente nela se encontra o Museu Malacológico – Entomológico “Maria Giuseppina Ciarrocchi” e o Museu Arqueológico e Litúrgico que se encontra nas salas adjacentes à sacristia.

Ao longo do tempo o castelo foi edificado em torno da abadia, cuja população já se tinha organizado no século XIII segundo modelos institucionais de tipo municipal sob a jurisdição do Bispo de Fermo. Por volta de meados do século XIV a comunidade de Campofilone passou a fazer parte do número de castelos controlados pela cidade de Fermo, enquanto a Abadia com todos os seus bens continuava a gozar da sua autonomia sob a gestão dos abades “comendatários” nomeados pelo Papa.

Ao longo dos séculos seguintes, a história da comunidade Campofilone esteve intimamente ligada primeiro à da cidade de Fermo, depois aos acontecimentos da Itália Unida, e a Abadia sempre foi o ponto de referência espiritual para a comunidade. Os bens da Abadia estão hoje confiados ao pároco diocesano, que continua a manter o título de “abade”.

O centro histórico, envolto por sólidas paredes que protegem a sua integridade e as belezas do passado, se acessa por uma pequena avenida arborizada por majestosos pinheiros centenários, ao final da qual se encontra a bela Porta Marina. Juntamente com as muralhas de defesa na Idade Média, foram construídas também a Porta da Sole e da Bora, das quais apenas a primeira manteve a sua função de acesso ao castelo.

A aldeia, de forma afunilada, ergue-se ao longo de uma rua principal dominada pelos edifícios principais, atrás dos quais existe um labirinto de vielas que permitem vislumbrar beleza do panorama que o rodeia: o calmo mar Adriático, as colinas suaves até os picos brancos das montanhas Sibillini.

Caminhando pelas ruas ainda se sente o cheiro da tradição culinária milenar: uma especialidade gastronômica de grande valor é produzida ali, os Maccheroncini di Campofilone IGP, finíssimos fios de massa de ovos conhecidos e apreciados em todo o mundo. A eles, desde 1964 nos primeiros dez dias de agosto, é dedicado o Sagra dei Maccheroncini di Campofilone IGP, que são servidos com molho de carne.

Hotel e restaurante:

Para visitar essas 3 cidades e ainda a cidade de Fermo, usei Torre di Palme como ponto de apoio. Fiquei no B&B Lu Fucarò, que possui uma decoração um pouco retrô, mas a gentileza da proprietária, a vista e o restaurante são o ponto forte.

O café da manhã foi um dos melhores que encontrei em um B&B na Itália. O restaurante são dos mesmos donos, sempre lotado, e com certeza o melhor da região, tanto que eu repeti a dose!😉

Passeios enogastronômicos na região:

Visitamos alguns locais que indico:

  • Azienda Agricola Rossi: que faz queijos e embutidos, onde é possível visitar a produção e degustar no verão à noite no local, onde é montada um restaurante.
  • Castrum Morisci: vinícola que produz vinhos em ânforas, no estilo romani, muito peculiar, mas que deixa os vinhos muito frescos. produzem ainda o vino cotto, um vinho cozido!

 

Mais dicas

  • Procura experiências únicas na Itália? Veja nosso guia
  • Procura hotéis na Itália? Veja a lista de hotéis testados por nós ou veja preços no Booking
  • Faça um passeio particular com Guias em Portuguêsveja aqui – e aproveite mais a viagem.
  • Procura Transporte na Itália? temos serviço de Van com Motorista e barcos.
  • Faça uma sessão fotográfica na Itália e fique uma recordação única da sua viagem. Veja aqui.
  • Aprenda a cozinhar com um italiano, uma experiência imperdível! Aula de culinária particular na Itália, diversão garantida. Roma, Toscana e Piemonte

Saiba mais

 

 

Deixe uma resposta

Style Switcher

Skin:

Backgrounds:

                       

You can also upload your own background from the Admin Panel.

Highlight Color:

             

Best viewed within the shop.

You can also create your own highlight color from the Admin Panel.