By

É muito provável que você já tenha ouvido falar de Marostica, ou pelo menos de um certa partida de xadrez onde os peões são pessoas reais. É algo que sempre foi noticiado no Brasil, porque é realmente bem curioso. Bem, mas se você não tem a menor ideia do que eu estou falando, então continue lendo o post porque vou contar um pouco sobre esta cidade do norte da Itália e a espetacular partida de xadrez humano.

Marostica é uma linda cidadezinha medieval, localizada a pouco mais de uma hora Veneza e de Verona, com vista para as colinas do Vêneto, torres, muros de defesa e dominada pelas ruína de um imenso castelo, algo comum nas cidades da região.

Encaixamos um passeio em Marostica enquanto íamos de Verona a Bassano del Grappa. Marostica fica literalmente do lado de Bassano, e seria uma pena não parar lá para conhecer esta belíssima cidade.

Ao chegarmos a Marostica, a sensação era aquela de voltar séculos atrás. A impressionante muralha medieval que circunda o Castello Superiore, as inúmeras torres e o campanário são, desde sempre, um símbolo da importância da cidade e hoje dá a ela um quê de conto de fadas, de cidade encantada.

Castello Superiore de Marostica

Uma parte das ruínas do Castello Superiore de Marostica

O que ver em Marostica

Marostica é bem pequenininha e um passeio lá pode ser facilmente feito em poucas horas. A vida da cidade está concentrada na área ao redor da Piazza Castello – a praça principal – onde o pavimento de mármore é montado de forma quadriculada, igualzinho a um tabuleiro de xadrez.

Marostica12

 

Piazza Castello e Castelo Inferior

Entrando pela Porta Vicentina, uma dos quatro que atravessam as muralhas da cidade, chega-se diretamente na Piazza Castello, ou a Piazza degli Scacchi (a “Praça do Xadrez”). É uma praça espaçosa, com palácios antigos e requintados, pórticos, vários restaurantes e cafés que dão para o lado mais comprido.

Marostica2

Detalhes dos palacetes da Piazza Castello.

De frente para os lados mais curtos ficam o Palazzo del Doglione com a torre do relógio (antigo arsenal e chancelaria, hoje em um dia um instituto bancário) com a torre do relógio e o Castelo Inferior, construído no século XIV, onde vivia o governador e hoje sede do Escritório de Turismo, da Câmara Municipal e do Museu do Jogo de Xadrez.

Marostica3

O Castelo Inferior de Marostica, antiga residência do governador em época medieval.

No centro da praça encontra-se um enorme tabuleiro de xadrez rosa e branco, embutido no chão. Este é o famoso tabuleiro de xadrez em tamanho real de Marostica. É extremamente fotogênico!

Marostica1

Palazzo del Doglione ao fundo e um close no chão da praça. Impossível não imitar uma peça de xadrez! rsrs

Castelo Superior

A partir do sopé da colina, a estrada sobe sinuosamente, e em poucos minutos chegamos ao Castelo Superior de Marostica. O Castelo foi construído pelos Lordes de Verona no início do século XIV e depois abandonado em 1587, após os danos sofridos durante a guerra de Cambrai.

Marostica5

A linda estrada que nos leva ao castelo superior de Marostica.

Restam em pé somente uma das paredes do castelo, uma porta e um bastião. De um lado há um restaurante. Apesar de restar pouco do castelo, vale muitíssimo a pena subir até lá, principalmente por causa da vista espetacular.

Marostica8

Era já fim de tarde e a luz estava incrível. Pela decoração do pátio do restaurante, supomos que seja um lugar onde são realizados vários casamentos.

Marostica

A vista lá de cima!

Onde comer em Marostica

Nossa primeira parada em Marostica foi um restaurante! Chegamos no início da tarde, sem almoçar, portanto nosso primeiro objetivo era encontrar um restaurante aberto onde pudéssemos comer algo.

Foi assim que encontramos a Osteria Nuova, e foi um achado! A comida estava deliciosa e atendimento era de uma gentileza sem igual. Comemos muito bem, por isso recomendamos.

Marostica9

Fondue de queijo com trufas negras e, na parte de baixo, os tradicionais canederli, bolinhos de pão.

O ambiente do restaurante é moderno, mas com muita atenção aos detalhes. O cardápio é bem tradicional e se baseia nas matérias primas frescas e da temporada. Ele fica um pouco fora do centro de Marostica, por isso é perfeito se você chega de carro e quer almoçar antes de iniciar o passeio.

Veja mais AQUI.

 

O Xadrez Humano de Marostica

A cada dois anos, nos anos pares, na sexta-feira, sábado e domingo da segunda semana de setembro, acontece em Marostica o Xadrez Humano. O jogo acontece na praça central da cidade e os peões de xadrez são pessoas e cavalos reais.

Em 2018 o jogo de Xadrez Humano acontece nos dias 7, 8 e 9 de setembro!

O jogo de xadrez humano de Marostica é conhecido no mundo todo e é uma das encenações históricas mais famosas da Itália. Durante três dias a Praça do Xadrez é animada por 600 personagens com trajes históricos,  recriando o esplendor das cortes medievais. Para entender um pouco melhor, voltemos ao século XV.

Em 1454, Marostica fazia parte da República Sereníssima de Veneza. La Serenissima, estava em seu auge como centro do comércio e da construção naval do Mediterrâneo e cuidava atentamente das suas relações políticas, nomeando prefeitos para que mantivessem em ordem as suas cidades.

Na época, o prefeito de Marostica era Taddeo Parisio, conhecido por ser uma pessoa sábia, comedida e com um bom senso empresarial. Ele era também pai de duas moças.

Marostica11

O pátio do castelo inferior, onde um dia viveram Taddeo e suas filhas.

O destino quis que dois nobres guerreiros, Rinaldo d’Angarano e Vieri da Vallonara, se apaixonassem pela mesma pessoa, a bela Lionora, filha do prefeito. Como era comum naquela época, os dois decidiram se enfrentar em um duelo. Felizmente, ao invés de fazer com que um atirasse no outro, o pai da donzela, não querendo perder dois guerreiros de grande valor, decidiu organizar um jogo de xadrez entre os duelantes, mas não um xadrez qualquer, um em que eles fossem as peças. Quem vencesse a partida poderia pedir a mão de Lionora em casamento e o perdedor casaria com a irmã da Lionora, Oldrada.

O prefeito decidiu também que em ocasião do desafio seria realizada uma grande festa, com mostras de militares, da infantaria e da cavalaria, fogos, jogos de luzes, sons e danças. E assim aconteceu. Desfilaram arqueiros, a infantaria, cavaleiros, toda a corte do prefeito com Lionora e Oldrada, senhoras, senhores, pajens, damas de honra, porta-estandartes, músicos, todo mundo! Após eles vieram as maravilhosas peças brancas e pretas com reis e rainhas, torres e cavaleiros, bispos e peões. Rinaldo da Angarano e Vieri da Vallarona ordenavam os movimentos e, no final do desafio uma explosão de fogos de artifício, luzes e aplausos aclamaram o vencedor.

Lionora, secretamente apaixonada por um dos guerreiros, avisou ao condado que o castelo inferior seria iluminado por uma luz clara caso a partida fosse vencida por aquele que ela amava. E parece que foi exatamente o que aconteceu!

Veja abaixo o video de publicidade da Partida de Xadrez de Marostica 2018!

 

Isso aconteceu em 1454 e a tradição é revivida até hoje. O lendário jogo de xadrez de Marostica continua a ser jogado com personagens ao vivo na praça principal, a cada segundo final de semana de setembro em anos pares. Os jogadores são acompanhados por inúmeros outros personagens e as ordens a eles ainda são dadas no antigo dialeto da República de Veneza. No final, o vencedor reivindica seu prêmio com gritos festivos e uma explosão de fogos de artifício após mais de duas horas de jogo. O jogo se repete durante 3 dias para que mais e mais pessoas possam participar da festa.

Para assistir às apresentações é necessário ter um ingresso numerado, que pode ser adquirido online através do site TicketOne (veja AQUI). Os trajes preciosos do espetáculo podem ser admirados em qualquer época do ano na exposição permanente montada no Castelo Inferior.

Mais informações: www.marosticascacchi.it

Marostica

Mais um pouco da praça onde é realizado o jogo de xadrez humano.

Como chegar a Marostica

O melhor modo para chegar a Marostica é de carro, inclusive porque você pode fazer um ótimo roteiro pelo Veneto.

Mas caso esteja sem carro, você pode:

1. Ir de ônibus

Há vários horários a partir de Vicenza e de Bassano del Grappa. Veja AQUI.

2. Contratar um transfer

Saiba mais sobre nossos serviços de transfer privativo clicando AQUI.

Marostica10

A atmosfera de conto de fadas de Marostica.

 

Mais dicas

Saiba mais

 *Este post contém links para afiliados. Para ver nossa política de monetização, clique aqui.

The following two tabs change content below.
Patrícia Kalil
Patricia Kalil, graduada em administração de empresas, mora na Sicília desde 2007 e é autora do blog Descobrindo a Sicília. Ela deixou o calor e as festas de Salvador para abraçar as belezas de outro lugar tão acolhedor quanto a Bahia e mergulhou na cultura e na história milenar da Sicília. Apaixonada desde sempre por viagens e pela língua e cultura italiana, acabou unindo o útil ao agradável e decidiu espalhar aos quatro ventos que a Sicília merece ser vista.
 

Deixe uma resposta

Style Switcher

Skin:

Backgrounds:

                       

You can also upload your own background from the Admin Panel.

Highlight Color:

             

Best viewed within the shop.

You can also create your own highlight color from the Admin Panel.