Por

Ischia é uma das ilhas do Golfo de Nápoles, assim como a famosa Capri e a pequena e colorida Procida.

Chamada “Ilha Verde”, por causa da sua vegetação e vinhedos, Ischia é a maior das três ilhas da costa de Nápoles e era um antigo vulcão. De fato, ainda dá para notar isso, graças à forma cônica do Monte Epomeo e seus 800m de altura.

Para vocês terem uma ideia que não é uma ilha pequena, ela é formada por bem seis municípios: Ischia, Barano, Serrara Fontana, Forio, Lacco Ameno e Casamicciola, cada um com seu próprio charme.

Ischia

Também graças a Elena Ferrante e sua tetralogia napolitana, Ischia tem se tornado um dos destinos cada vez mais procurados no verão.

 

O que ver em Ischia

Veja algumas dicas sobre os lugares mais bonitos de Ischia, desde o Castello Aragonese ao encantador jardim de Mortelle, bem como as belas praias da ilha.

Ischia

Ischia Porto

Normalmente, ao chegar a Ischia, será Ischia Porto a primeira cidade que você irá ver.

Como o nome sugere, Ischia Porto é o principal porto da ilha e é lá que chega a maioria dos ferries que vêm de Nápoles.

Ischia

A cidade é, certamente, a base mais popular para visitantes, e a área entre Ischia Porto e Ischia Ponte é repleta de hotéis mais simples e pousadas, muitos deles nas lindas praias de areia que correm ao longo desta parte da costa da ilha.

É em Ischia Porto que fica a principal rua comercial da ilha, a charmosa Corso Vittoria Colonna, e é um lugar adorável para um passeio, uma bebida, um jantar e talvez um gelato em uma noite quente de verão.

O Castello Aragonês

O Castello Aragonese é o monumento mais conhecido de Ischia. Já dá para vê-lo de longe quando a balsa vai se aproximando a Ischia. De fato, é um lugar imperdível, porque as vistas de lá são lindas!

Ischia - Castelo Aragonês

Ele já foi uma ilha separada, formada provavelmente a partir de uma erupção, mas hoje em dia ele está conectado a Ischia por um longo passeio.

A construção do castelo iniciou em 474 a.C. e desde então já viu passar os romanos, bárbaros, árabes, normandos e muitos outros. O castelo deve o seu nome atual à família real aragonesa, que o restaurou e ampliou na Idade Média.

O castelo abre todos os dias, das 9h ao pôr do sol. O ingresso inteiro custa 10 euros. Mais informações AQUI.

No dia 26 de julho celebra-se a festa de Sant’Anna, a padroeira de Ischia. Isso inclui uma procissão flutuante que vai  do porto até a base do Castello Aragonese.

Barano

A cidade de Barano não é muito grande, mas ainda vale a pena fazer uma parada, principalmente pela bela praia de Maronti, de areia dourada e águas cristalinas.

Além disso, Barano também é recomendada para quem gosta de uma visita a banhos termais naturais. Por exemplo, há as chamadas “fontes de Nitrodi”, cuja água teria um efeito benéfico, e a “sauna natural” de Cavascura.

Ischia (a pronúncia em português é “Ísquia) é linda de viver!

Serrara Fontana

Serrara Fontana, no sul da ilha, fica entre Barano e Forio. A parte mais bonita é a pitoresca Sant’Angelo.

Ischia

Sant’Angelo em Serrara Fontana

De fato, Sant’Angelo é o centro turístico mais famoso de Ischia, que fica em parte no continente e em parte ao pé de um rochedo.

Com uma mistura de colinas, campos agrícolas, lindas igrejas e vistas espetaculares do mar, Serrara Fontana é talvez a mais diversa das seis principais cidades de Ischia. Ainda, de Serrara Fontana há uma trilha que leva ao cume do Monte Epomeo.

Enfim, em Serrara Fontana há também praias bem bonitas, como Le Fumarole (que leva o nome do vapor que escapa do fundo aqui – então tome cuidado) e Cava Grado.

 

Forio

Bem pitoresca, Forio é um dos municípios mais bonitos de Ischia e também é lá que ficam boa parte dos hotéis.

Além disso, lá é um ótimo lugar para admirar o pôr do sol em Ischia, mais exatamente atrás do Santuario del Soccorso.

ISchia

A propósito, nesta igreja do século XIV, oficialmente chamada de Santa Maria della Neve, você encontrará a estátua mais antiga de Ischia: um crucifixo de madeira do século XV.

Outro edifício impressionante perto de Forio é a villa La Colombaia, que já foi residência de verão de Luchino Visconti, o conhecido diretor de cinema italiano, que dirigiu Rocco e i suoi fratelli e Morte em Veneza, entre outros.

Também muito bonita é a vista da vila sobre a Baia San Montano. A cerca de meia hora a pé de Forio encontra-se a sedutora praia de Citara.

Centrinho de Forio

Por fim, uma vez em Forio, não deixe de fazer um passeio pelo centrinho da cidade. De fato, lá ficam lojinhas bem legais, bem como bares e restaurantes. Além disso, é um lugar extremamente fotogênico!

 

Giardini La Mortella

Um dos lugares mais interessantes da ilha de Ischia são os Giardini La Mortella, um lindo jardim que é um verdadeiro paraíso.

Criado a partir de 1956 pela argentina Susana Walton, La Mortella é um jardim exuberante. Ele foi construído no lado de um penhasco vulcânico perto de Forio e é parcialmente úmido e subtropical na área inferior e mediterrâneo nos níveis superiores.

A parte superior do jardim também possui um anfiteatro ao ar livre que acolhe concertos no verão em homenagem ao amor do casal pela música. Ainda, há uma casa de chá, um pavilhão de estilo tailandês para meditação e um templo egípcio falso com um jardim de água dentro.

O Giardini Mortelle fica aberto apenas de junho a outubro, das 9 às 19h (última entrada às 18h). O bilhete inteiro custa 12 euros. Mais informações AQUI.

Outro jardim famoso de Ischia são os Jardins Ravino. No Ravino, você encontrará uma das maiores coleções de cactos e outras suculentas da Europa em um ambiente mágico. Não se esqueça de visitar o café para tomar um coquetel de cacto!

 

Lacco Ameno

Lacco Ameno é o menor município de Ischia, mas não menos bonito que os outros cinco, com um porto agradável, restaurantes coloridos e belas praias.

Ele fica logo abaixo do primeiro assentamento grego na ilha. Numerosos vestígios disso podem ser encontrados no Museo Archeologico di Pithecusae, na Villa Arbusto. Você encontrará achados arqueológicos do século VIII a.C., mas também há uma seção dedicada aos golfinhos e uma sala com memórias do cineasta Angelo Rizzoli, que viveu na vila por um tempo.

Lacco Ameno do alto

O símbolo de Lacco Ameno é a rocha em forma de cogumelo, chamada Il Fungo.

Além disso, a praia mais frequentada é a de San Montano, que fica ao lado de Negombo, um parque com os chamados jardins termais, onde se pode desfrutar de belas vistas enquanto se banha nas águas mornas e curativas.

Neste oásis verde, com esculturas de artistas contemporâneos italianos, encontrará nada menos que doze piscinas, com diferentes temperaturas, além de hammam, jacuzzi, praia de areia, salas para massagens e tratamentos de beleza. Além disso,há chuveiros especiais que fazem a tensão no pescoço e nos ombros desaparecer e o labirinto japonês, onde água quente e fria se alternam.

Ainda, há um bar com muitos lanches e bebidas saudáveis, uma trattoria aconchegante e o elegante restaurante Al FuGà.

 

Casamicciola

Casamicciola é especialmente famosa por suas fontes naturais e banhos termais. No entanto, também é maravilhoso sentar-se no porto colorido, onde um espetáculo após o outro se passa diante de seus olhos. Um lindo lugar para terminar seu passeio com um aperitivo.

 

Monte Epomeo

Um último destaque da ilha é o verde Monte Epomeo, a montanha mais alta de Ischia, com quase oitocentos metros de altura. A montanha é coberta por todos os lados por uma centena de tons de verde, com extensas florestas e até vários vinhedos. A parte superior é coberta por lava solidificada, uma lembrança do vulcão que Ischia realmente é.

Ao fundo, o Monte Epomeo

Em uma das cavernas de tufo ao redor da montanha, você encontrará a pequena igreja dedicada a San Nicola. Por lá viveu um grupo de monges em isolamento total por muito tempo.

Para explorar a montanha Monte Epomeo, o melhor é começar por Serrara Fontana. Certifique-se, especialmente nos dias de verão, de levar água, um chapéu e filtro solar!

Mas esteja avisado, não é para os fracos, porque a subida é bem puxada. No entanto, as vistas de cima são maravilhosas e, se você conseguir subir, é uma experiência altamente recompensadora.

 

Onde ficar em Ischia

As opções são várias quando se trata de decidir onde ficar em Ischia. Desde Airbnbs até acomodações 5 estrelas com praia particular, há sempre algo que possa se encaixar no seu orçamento e necessidades.

Resort na Itália

Mezzatorre, um resort de luxo em Ischia com praia privativa.

Certamente se você viajar entre julho e agosto, os preços serão bem mais altos, pois se trata do ápice da alta temporada na Itália. Por isso, a dica que dou é tentar optar por junho e setembro.

Outra dica que dou é reservar o seu hotel com MUITA antecedência! Clique AQUI para ver as melhores opções de hotéis em Ischia.

 

Como chegar a Ischia e como se locomover

O aeroporto internacional mais próximo é o de Nápoles.

As balsas SNAV e Alilauro saem do porto de Nápoles, Sorrento e Pozzuoli. Existem vários portos em Ischia (Forio, Casamicciola e o principal terminal de balsas de Ischia), então certifique-se de verificar qual deles fica mais próximo ao seu hotel.

Os bilhetes podem ser adquiridos online com antecedência (veja AQUI) ou na bilheteria do porto (vai ter fila).

Para se locomover em Ischia, será necessário alugar um scooter ou então utilizar os serviços de táxis. Lembre-se que a ilha é muito grande, então nem sempre dá para fazer tudo a pé.

Conheça nosso serviço de motorista em Ischia. Saiba Mais.

 

Quanto tempo ficar na ilha de Ischia

Ischia

Nós ficamos 3 dias em Ischia e foi um roteiro bastante apertado. Por isso, visto que há tantas coisas para fazer em Ischia, eu diria que ficar pelo menos quatro ou cinco dias inteiros proporciona um roteiro mais tranquilo e mais tempo para relaxar.

 

Outras dicas de Ischia:

  • Dê um pulinho em Procida! Se você ficar mais tempo em Ischia, dá para ir tranquilamente na pequena Procida, a ilha vizinha, onde foram filmadas algumas cenas de O Carteiro e o Poeta.
  • Faça um passeio de barco. Você pode fazer um passeio em grupo, privativo ou mesmo alugar um barco só pra você!
  • Relaxe nas termas. Com tanto spa e estabelecimento termal em Ischia, não deixe de dedicar um dia para aproveitar os benefícios das águas vulcânicas!

 

Mais dicas

  • Procura experiências únicas na Itália? Veja nosso guia
  • Procura hotéis na Itália? Veja a lista de hotéis testados por nós ou veja preços no Booking
  • Faça um passeio particular com Guias em Portuguêsveja aqui – e aproveite mais a viagem.
  • Procura Transporte na Itália? temos serviço de Van com Motorista e barcos.
  • Faça uma sessão fotográfica na Itália e fique uma recordação única da sua viagem. Veja aqui.
  • Aprenda a cozinhar com um italiano, uma experiência imperdível! Aula de culinária particular na Itália, diversão garantida. Roma, Toscana e Piemonte

Saiba mais

 

Tags:
 

Deixe uma resposta

Style Switcher

Skin:

Backgrounds:

                       

You can also upload your own background from the Admin Panel.

Highlight Color:

             

Best viewed within the shop.

You can also create your own highlight color from the Admin Panel.