By

3

Depois de uma introdução sobre as belezas de Pantelleria, é hora de saber como ir e o que ver na Ilha que pra mim é o paraíso na terra!

Se você não leu, leia —> Ilha de Pantelleria: relax, amor e vinho

Como ir:

Para ir à Ilha de Pantelleria você tem 2 opções de viagem: de avião ou de barco, sempre variando segundo o período do ano. As únicas rotas que não mudam são aquelas pelo mar de Trapani e os voos da Sicília, a partir de Trapani e Palermo.

Pantelleria 3

De Barco:

A ilha tem uma ligação com Trapani via traghetto (balsa), durante todo o ano, por duas empresas: Compagnia delle Isole (Siremar) e Traghetti delle Isole, a duração varia entre 6 e 7 horas. Durante o verão há ainda a opção do aliscafo (aerobarco) meio rápido, operado pela empresa Ustica Lines, duração 2h30min. Já o preço varia entre 29 e 34 euros. Nas balsas é possível ir com carro e ainda escolher cabines para passar a noite.

De Avião:

Pantelleria 2_1

A Ilha de Pantelleria tem voos diários o ano todo, operados pela Alitalia, desde Trapani e Palermo. Os voos de outras cidades italianas e da Suíça, no entanto, só são ativos durante a temporada de verão, de maio até outubro, e são operados por diversas companhias aéreas, incluindo as de baixo custo!

Eu fui à ilha de avião, voei pela Alitalia desde Trapani e foi bem tranquilo. Não se assuste, mas era na verdade um voo da Poste Italiane (correios), operado para Alitalia, um avião pequeno, mas novo, e com 4 cadeiras em cada fila, realmente muito tranquilo.

– A partir de Trapani e Palermo com Alitalia: na baixa temporada há dois vôos diários, já no verão há um outro. Atualmente os horários de partida de Trapani são: 08:10 e 19:30, e de Palermo são: 10:35 e 16:35. O vôo dura cerca de 45 minutos e o preço médio por pessoa é 58-75 €. Eu fui em setembro e paguei cada voo 55€ desde Trapani!

A partir de Roma, com a Alitalia e Blue Express: somente no verão, preço médio muito variável.

– De Milão (Bergamo – Orio al Serio) com Volotea, e Milão (Malpensa) com a Air Baltic: somente no verão, preço médio muito variável.

– De Veneza Volotea: somente no verão, preço médio muito variável.

– A partir de Bolonha com a Air Baltic: somente no verão, preço médio muito variável.

a ilha - Foto: Wikipedia Commons

a ilha – Foto: Wikipedia Commons

O que ver:

Como eu disse no texto anterior,  a Ilha de Pantelleria é um lugar que é difícil de sair… por quê? Porque é tão maravilhoso e relaxante que não dá vontade de ir embora … em poucas viagens na minha vida eu consegui realmente ter essa sensação de relax, de paz…

Pantelleria tem a sorte de ser um lugar de um potencial enorme, pois pode agradar a “gregos e troianos”, dos amantes da arqueologia, aos amantes da natureza, aos entusiastas de passeios, aos maníacos de spa naturais, àqueles que querem simplesmente dar um mergulho no mar.

É um local ideal para uma viagem romântica, com hotéis incríveis e atividades relaxantes. Como a ilha é pouco habitada, você não encontrará muitos turistas, é mesmo uma ilha selvagem para se perder!!!

Pantelleria 2_30

Por isso é difícil fazer uma lista do que para ver em Pantelleria, até porque, nas minhas pequenas férias eu não vi tudo, mas já me apaixonei pelo que vi!  Vou tentar oferecer pelo menos um ponto de partida para se orientar nas delícias de este pequeno paraíso.

Mas antes algumas dicas:

  • alguns hotéis como o meu, buscam você no aeroporto, grátis! Pergunte antes, porque eu nem mesmo sabia que eles me esperariam ali e já ia procurar o ponto de taxi!
  • logo na chegada na cidade você vai perceber que se encontra num lugar onde as pessoas são muito cordiais, o tempo todo as pessoas nos ajudavam, sempre com sorriso e disposição… e … sair das cidades de turismo de massa tem sua diferença!
  • os turistas no desembarque recebem um guia da cidade, o guia é em inglês e italiano, tem um mapa, indicação de atividades, o que fazer na ilha, história, etc… muito útil e bem escrito… detalhe … é grátis!!!!

Pantelleria 2_10

  • alugue uma moto ou um scooter, é uma ótima opção de transporte na cidade, foi a primeira coisa que fizemos assim que chegamos na cidade. No aeroporto há algumas opções. Saiba que na Itália, mesmo quem tem a carteira para dirigir carro, pode dirigir uma moto de até 125 cilindradas, mesmo com carteira do Brasil, desde que traduzida, ou seja, acompanhada da carteira internacional. O valor médio é de 20/25 euros por dia.
  • liberte-se e descubra a ilha! Nós não seguimos nenhum roteiro pronto, seguimos estradas mais bonitas, nos perdemos, mas felizes, porque onde você vai, descobre novos vistas incríveis, paisagens e contempla a beleza desse lugar.

Pantelleria 2_42

1. Grotta Benikula – ou sauna natural

Assim que cheguei à ilha, depois do check-in no hotel, comecei a ler o guia escrito e a primeira coisa que me interessou foi essa gruta, e assim fomos nós a descoberta dessa beleza natural.

Pantelleria 2_17

A gruta está localizada no interior na localidade ‘Benikulà‘, aos pés da Montanha Grande e dali há uma vista panorâmica da grande planície da ilha. No interior da gruta há uma sauna natural que emana um vapor de água de  38°C, e é utilizada pelos locais para ajudar a curar dores reumáticas, ou simplesmente para eliminar as toxinas e impurezas da pele.

Para chegar até la é necessário seguir a estrada até Sibà e dali deixar o carro em um estacionamento demarcado. Dali há uma área de trekking, a caminhada é de 15/20 minutos, bem tranquilo e com uma vista maravilhosa!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ao chegar lá, verá 2 grandes pedras que fecham uma pequena gruta, onde devem caber cerca de 6 pessoas ao máximo, é uma experiência bem diferente porque o vapor sai entre as pedras, e ao tocá-las você pode sentir o quanto são quentes!

Como ja citei no primeiro texto, a ilha é de origem vulcânica!

2. O Lago di Venere

Pantelleria 2_41

O Lago de Vênus, é assim chamado porque diz a lenda que a deusa Vênus se banhava antes de encontrar Baco. É um lago natural que ocupa a cratera de um vulcão, mais ou menos no centro da ilha, há um tom de azul único!

Este lago é fantástico porque:

Pantelleria 2_73

—> na parte sul do lago há uma área delimitada com pequenas pedras que sinaliza a área de lama com propriedades benéficas, com cor cinza-esverdeado porque possui ainda um depósito de algas termófilas, com uso terapêutico contra artrose, e dores musculares, mas sobretudo usada como peeling para a pele.

A indicação é escolher a lama mais escura, passar pelo corpo e esperar secar, assim que secar, entre no lago e retire a lama do corpo. Não se envergonhe, todo mundo faz! Não ligue para o cheiro de enxofre, que nem é tão forte assim, lembre que sua pele vai ficar lisinha, hidratada e depois tome banho nas águas quentes do lago.

Pantelleria 2_78

—> na parte sul ainda, é possível ver bolhas de ar saindo da areia em vários pontos, é o gás carbônico proveniente da atividade vulcânica no subsolo, que acaba mantendo assim a temperatura elevada, com pontos de até 50°C.

Pantelleria 2_76Pantelleria 2_70

Minha indicação é antes de entrar nessas poças, verificar com a ponta do pé a temperatura. Algumas tem 18°C, outras mais de 40°C. Deitar-se em algumas dessas poças é como estar numa hidromassagem, as bolhas fazem uma mini massagem! Não perca essa experiência.

—> Banho, de quente a morno. Na parte norte da lagoa, a água tem uma temperatura mais branda e com espaços melhores para fazer banho e tomar sol.

Este slideshow necessita de JavaScript.

—> ótimo local para observação de pássaros durante a migração das aves

Portanto, um ótimo local para banho em várias épocas do ano, não somente no verão.

3. Banhos termais no mar

Em alguns locais da ilha é possível fazer banhos termais diretamente no mar! 

—> Cala Gadir:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Essa Cala provavelmente era já utilizada como local de banhos termais desde o período Fenício e é possível que tenha sido destruída em algum dos eventos vulcânicos da ilha, pois foram encontrados vários restos do período no terreno.

Lá há alguns poços naturais e um artificial, onde crianças e idosos podem se banhar com segurança, onde a água é termal, a uma temperatura de 38 a 50°C, rica de sais minerais e de propriedades terapêuticas e são utilizadas para aliviar dores provocadas pelo reumatismo e artrite, e para a cura de algumas dermatites. Além disso nas paredes desses poços são depositados naturalmente algumas algas, que um estudo comprovou serem úteis a cura de sinusite e alguns problemas respiratórios.

Pantelleria 2_45

—> Cala Sataria (ou Gruta Sataria)

Com características muito parecidas com a Cala Gadir, Sataria, possui 3 poços onde confluem água termal com até 40°C, um desses poços comunica-se com o mar. Segundo alguns autores, este local seria o descrito na mitologia grega por Homero na sua “Odisseia” como sendo a ilha Ogigia, e esta gruta  seria o local do encontro de Ulisses com a deusa Calipso.

—> Cala Nicà

Escorre das paredes dessa baia água termal, mas nas profundezas do mar há uma nascente com água a 85°C, a mais importante da ilha, mas de difícil acesso. Dizem que no inverno se torna um espetáculo!

4. O Arco do Elefante

tromba de elefante

tromba de elefante

É um arco de pedra conhecido pela enorme rocha de lava vulcânica em forma de tromba de elefante que entra na água, criando um grande arco. É um dos marcos de Pantelleria, esta forma estranha atrai todos os anos centenas de turistas. É fácil chegar de carro e está localizado no leste da ilha.

5. Favare:

Vou ter que voltar a ilha somente para vê-lo, porque foi o que me faltou nesta viagem à ilha.

Favare são jatos quentes de vapor de água que escapam de fissuras na rocha, chegando em alguns casos até 100 ° C de forma intermitente a partir das fendas de rochas, são acompanhados pelas emissões de dióxido de enxofre e sulfeto de hidrogênio às vezes. As rochas alteradas por gases ácidos e calor do vapor de água possuem uma cor marrom-avermelhada.

É interessante como os agricultores conseguem extrair a água destes fenómenos para dar aos animais. Na Favara Grande, para promover e aumentar a condensação de água, os agricultores colocam na “boca” dessas fendas, juncos e galhos de árvores. Em contato com o ar mais frio, o vapor se condensa em gotículas de água, com um sistema primitivo de esgoto, essas gotas são coletadas em tanques pequenos escavados na rocha e a agua é utilizada na pecuária.

Há em vários pontos na ilha algumas favare que você pode descobrir pois estão marcadas no mapa que entregam na chegada na cidade. Em muitos deles é possível chegar somente com trekking.

6.Laghetto delle Ondine

1293037_10202086542387243_1011869409_o

Foto: I Love Pantelleria www.ilovepantelleria.net

Na Punta Spadillo, leste da ilha, há um lago natural formado por um penhasco que mergulha nas águas do mar. É possível chegar la pelo mar ou com um pouco de caminhada sobre as pedras (10 a 15 minutos). Ele também é um símbolo de Pantelleria, porque é possível nadar até mesmo quando o mar está agitado, porque assim contribui para a troca de água no interior.

A água é salgada, claro, a profundidade do tanque em alguns lugares atinge dois metros.

7. Museu Vulcanológico:

De um velho farol foi realizado um museu na Punta Spardillo, inaugurado em 2010 e mostra a história geológica da ilha, dos vulcões e rochas.

8. Trekking:

Pantelleria 2_25

É possível realizar trekking na ilha, não somente para ver as favare, ou a gruta, mas há no total 12 trilhas demarcadas para trekking e limpas de galhos e pedras durante todo o verão, para que os turistas possam descobrir os detalhes e vistas mais interessantes da ilha, como a Montanha Grande e as áreas vulcânicas.  No livro que o turista recebe na chegada, todas as trilhas estão especificadas e podem ser feitas sem auxilio de guia.

9. Arqueologia:

Pantelleria por milênios foi o berço de muitos povos e nos últimos anos, têm sido objeto de inúmeros achados arqueológicos.

Foto: http://www.aeropix.it/wp-content/uploads/2011/08/pantelleria_2011_2.jpg

Foto: http://www.aeropix.it/wp-content/uploads/2011/08/pantelleria_2011_2.jpg

—> Acrópole de San Marco e Santa Teresa

San Marco e Santa Teresa são dois morros onde se concentravam as principais funções públicas, políticas e sagradas durante o período púnico e romano. Na colina de San Marco foram encontrados vários tanques e canais de água que comprovam a presença de um antigo sistema público de água, e ainda três estátuas imperiais de Júlio César, Antonia Minore e Tito.

Todos os anos, durante a temporada de verão,  inúmeros grupos de arqueólogos de toda a Europa vão ali para realizar as escavações.

—>Castello di Pantelleria

Pantelleria 2

O impressionante Castello di Pantelleria é um monumento medieval em pedra vulcânica usado como uma prisão até 1975. O castelo, também conhecido como Barbacane, fica aberto durante o verão (de julho a setembro) onde acontecem alguns eventos importantes e no próximo ano deve ser utilizado como um museu para grande parte dos achados arqueológicos da ilha.

10. Balata dei Turchi

Pantelleria 2_51

Para os amantes do mar recomendo Balata dei Turchi, é um dos lugares mais fascinantes da ilha. Segundo conta a lenda, era um porto de escala usado por piratas, mas hoje é uma baía com um fundo rochoso e cores incríveis, e é um dos poucos locais tranquilos para o banho de mar.

Pantelleria 2_52

11. Vinho

Absolutamente não deixe de conhecer uma vinícola de Passito de Pantelleria e de degustar o vinho realizado ali, é delicioso! Tão bom que eu vou deixar um texto inteiro somente para ele, mas não podia deixar de citar essa experiência aqui.

Pantelleria 2_62

Eu visitei a Cantina Basile (e trouxe uma caixa de vinhos comigo), paguei 10 euros por pessoa por um rico aperitivo ao pôr do sol.

Pantelleria 2_64

12. A agricultura de Pantelleria:

A agricultura é realizada através de terraçamentos realizados por meio de pedras, que dá um aspecto ainda mais bonito a ilha. O que mais se planta são vinhas, oliveiras, alcaparras e legumes.

As oliveiras são podadas muito baixas porque na ilha venta muito, e assim baixas, podem se defender melhor contra o vento que sopra em Pantelleria incessantemente.

Pantelleria 2_32

As alcaparras são famosas na ilha, inclusive foi reconhecido o IGP (Indicação Geográfica Protegida). Com um procedimento específico, chamado salmoura, é possível garantir a conservação do produto durante alguns anos. Na ilha é possível encontrá-las em várias versões à venda: alcaparras salgadas, em conserva, em patê, ao Pesto Pantesco, etc.

Pantelleria 2_33

Planta de alcaparras

Pantelleria 2_16

Plantação de uvas

Aliás a ilha é também chamada de “figlia del vento“, nome dado pelos árabes que passaram pela ilha, e que quer dizer filha do vento.

Então…

Se você está procurando uma ilha selvagem para explorar, relaxar, para fazer a sua fuga romântica, te aviso, esse aqui é o paraíso! Acho que deu já para explicar por que eu me apaixonei perdidamente por essa Ilha e não vejo a hora de retornar. Uma das cenas que mais me retornam a memoria é o pôr do sol rosa que vi na vinícola, e de viajar na garupa da moto com meu marido e de abrir os braços com uma total liberdade e paz, com o vento que levantava meus cabelos…

Pantelleria 2_65

Termino com um pequeno trecho de um poema de Gabriel Garcia Marquez:

“Ricordo come in un sogno le pianure interminabili di roccia vulcanica, il mare immobile, la casa dipinta a calce fin negli scalini, dalle cui finestre si vedevano nella notte senza vento i fasci luminosi dei fari dell’Africa […] e avevamo fatto il bagno in una gora fumante le cui acque erano così dense che si poteva quasi camminarci sopra. Io pensavo con una certa nostalgia premonitrice che così doveva essere la Luna. Ma lo sbarco di Armstrong aumentò il mio orgoglio patriottico. Pantelleria era meglio”.

Aguarde os próximos textos…

E se você não leu a primeira parte deste texto, veja aqui: Ilha de Pantelleria: relax, amor e vinho

Mais dicas

Saiba mais

 *Este post contém links para afiliados. Para ver nossa política de monetização, clique aqui.

 

♦ Mapa                                                                                     

tag: Ilha de Pantelleria: como ir e o que ver

2 Comments

  1. Mauro Silvia / 16/11/2015 at 09:28 /Responder

    La foto del Laghetto delle Ondine appartiene al sito http://www.ilovepantelleria.net, per correttezza dovreste aggiungere un link del sito sotto la foto.
    Grazie
    Mauro – ilovepantelleria.net

Deixe uma resposta

4

Style Switcher

Skin:

Backgrounds:

                       

You can also upload your own background from the Admin Panel.

Highlight Color:

             

Best viewed within the shop.

You can also create your own highlight color from the Admin Panel.