18 Curiosidades sobre a Puglia

 •  0

Por

A Puglia é uma das partes mais bonitas de um país que já é famoso por sua beleza. A cultura vibrante e a rica história que região oferece quando você a visita é diferente de qualquer outra.

Assim, desde os incríveis vinhos e iguarias à paisagem espetacular, onde os grandes campos verdes contrastam com o azul cintilante do mar, a Puglia tem algumas das paisagens mais incríveis que a Itália pode oferecer.

Mas não é só isso, a Puglia também tem tradições e cultura interessantíssimas!

Por isso, preparei uma série de curiosidades sobre a Puglia para que você possa conhecer melhor esta lindíssima região do sul da Itália.

 

 

1. A Puglia é o salto da bota

curiosidades sobre a Puglia

Mapa da Puglia dividido por província

Ao vermos o mapa da Itália, notamos claramente a posição geográfica da Puglia: ela ocupa exatamente o “salto da bota”, com direito a espora e tudo mais!

Ainda, a região conta com uma população de pouco mais de 4 milhões de habitantes e é dividida em 6 províncias: Foggia, Barletta-Andria-Trani, Bari, Taranto, Brindisi e Lecce.

 

2. Tem sete sub-regiões

Foto: WikiCommons

Quando se fala de Puglia, geralmente se fala que tal cidade está no Gargano, ou no Salento… Mas o que isso significa exatamente?

Ao observar o mapa da Puglia, podemos distinguir sete áreas, cada uma com características peculiares típicas da região, porém sem limites geográficos exatos.

Mas quais são essas sete áreas? São elas a área do Gargano, a do Tavoliere delle Puglie, Terras de Bari, Valle d’Itria, Salento, o arco jônico de Taranto e a área do subappenino Dauno.

 

3. A Puglia tem o mais longo litoral da península italiana

curiosidades sobre a Puglia

E é um litoral lindíssimo!

O fato da Puglia ser o salto da bota é uma das principais razões por trás da extensão do litoral, totalizando cerca de 800 km!

Assim, trata-se da maior faixa costeira da parte continental da Itália. No entanto, no que diz respeito ao maior litoral em absoluto, contemplando todo o país e incluindo as ilhas, o maior mesmo é o litoral da Sicília.

 

4. E tem também arquipélagos!

Ilhas Tremiti

Fala-se sempre das praias maravilhosas da Puglia, mas você sabia que também existem ilhas por lá?

Pois é! São os arquipélagos das Ilhas Tremiti, na costa norte da Puglia, no Gargano, e das Ilhas Cheradi, no golfo de Taranto.

 

5. Curiosidades sobre a Puglia e seu castelo octagonal

A Puglia é lugar de um dos poucos castelos de oito lados do mundo: Castel del Monte, em Andria. A história e a arquitetura deste edifício são fascinantes, com vistas espetaculares da costa ao redor.

O Castel del Monte foi construído pelo Sacro Imperador Romano Frederico II, no século XIII. O castelo foi construído em forma octogonal, com cada um dos oito cantos ostentando uma torre octogonal. Isso torna o desenho geométrico desta fortaleza único.

Enfim, Castel del Monte é Patrimônio Mundial da Humanidade desde 1996 e é um dos castelos medievais mais bem preservados do sul da Itália. Saiba mais sobre ele AQUI.

 

6. Casinhas bem peculiares

Alberobello, Puglia

Provavelmente os trulli são um símbolo, além de serem a atração mais famosa desta região e escondem uma das curiosidades sobre a Puglia mais interessantes.

Estas casas, que hoje em dia são bem bonitinhas e pitorescas, datam da Idade Média e até pouco tempo atrás eram casas de camponeses, construídas sem cimento e, portanto, facilmente desmanteladas caso chegassem os emissários do rei que se ocupavam de recolher os impostos.

Deste modo, os proprietários podiam escapar das autoridades fiscais!

 

7. O ponto mais ao leste da Itália

Curiosidades sobre a Puglia

Farol de Punta Palascia, em Otranto. Foto: WikiCommons

Uma das curiosidades sobre a Puglia é que lá fica o ponto mais ao leste da Itália. Estamos falando de Punta Palascia (Ponta Palascia), em Otranto, localidade a cerca de 40km de Lecce.

Além disso, esta é uma área particularmente especial, com um farol imponente, uma Catedral Normanda e um belo mosaico da “árvore da vida”, o lugar perfeito para visitar ena Puglia!

 

8. As oliveiras mais antigas da Itália

Oliveira gigante na Puglia

A Itália é um dos maiores produtores de azeite do mundo, mas algumas oliveiras, além de serem utilizadas para a obtenção desse produto, também têm importância histórica.

Ademais, você sabia que muitas dessas plantas têm milhares de anos? A região mais rica em oliveiras centenárias é justamente a Puglia!

No Salento, que vai do centro ao sul da Puglia, existe uma área chamada Piana degli Ulivi Millenari (planície das oliveiras milenárias), onde estão algumas das oliveiras mais antigas da Itália.

Além disso, é nesta planície que fica aquela que é provavelmente a oliveira mais antiga da Itália, que tem entre os 3000 e os 4000 anos!  O Azeite Virgem Extra DOP Terre d’Otranto é feito a partir das suas azeitonas.

 

9. Um santo muito popular

Interno da Basílica de San Nicola e Bari e, à direita da foto, a imagem de São Nicolau.

Um santo muito querido na Puglia, que por sinal também é padroeiro de Bari, é São Nicolau. Inclusive a Basílica de San Nicola, em Bari, é um dos principais destinos do turismo religioso italiano.

Entre as várias razões pelas quais o Santo é conhecido, está também aquela que o liga ao Papai Noel.

Na verdade, o velhinho gorducho de barba, alegria das crianças de todo o mundo, é uma “evolução” do bispo grego, pois, em países como Bélgica, França, Luxemburgo, por ocasião da festa em sua homenagem, distribuem-se presentes à maioria os pequenos.

 

10. Masserias, uma das curiosidades sobre a Puglia

Masseria em Monopoli, Puglia

Uma masseria em <a href="https://italiaparabrasileiros.com/tag/monopoli" target="_blank" rel="noopener noreferrer">Monopoli</a>

Algo típico da Puglia, que deriva de sua história de posse de terras, são as chamadas “masserias”. No passado, foram verdadeiras microaldeias, muitas vezes autossuficientes, nas quais viviam histórias e relações de classes sociais diferentes, já que viviam, no mesmo local, os proprietários e camponeses que serviam na mesma fazenda.

Em muitos casos, os relacionamentos iam além da simples servidão: os filhos dos donos brincavam com os filhos dos fazendeiros, que muitas vezes tinham a oportunidade de estudar graças à benevolência dos patrões.

Apesar dos relacionamentos nem sempre terem sido tão felizes, pode-se dizer que a vida na lavoura é um exemplo inédito de contato entre classes não comunicantes e distantes em outros lugares, antes mesmo dos movimentos operários.

 

11. Uma dança terapêutica

Quando se visita a Puglia, é impossível não se deixar levar pelo ritmo e os sons da Pizzica e dos pandeiros. A Pizzica é a música tradicional, que é acompanhada por uma dança que afunda suas raízes em um tempo muito remoto.

A chamada “Pízzica Salentina” é uma dança de origens ancestrais, inventada para fins terapêuticos. Diz-se que, durante a época da colheita, uma tarântula picou as pobres camponesas, fazendo-as entrar em transe devido ao seu veneno.

Para remediar tudo isso, a pizzica era um método infalível: dançando a mulher afugentava o veneno do corpo.

Esta dança milenar continua a ser dançada pelo povo do Salento e ainda fascina os espectadores com o ritmo avassalador e o tilintar encantador dos pandeiros.

A Notte della Taranta é um evento de música e dança popular mais importante que se realiza todos os anos no município de Melpignano. A participação é totalmente gratuita e durante o festival se apresentam os melhores grupos de danças folclóricas do Salento.

 

12. Dialetos bem peculiares

Uma das curiosidades sobre a Puglia são seus dialetos.

Embora a língua oficial seja, obviamente, o italiano, os dialetos locais incluindo o barese, foggiano e até mesmo Griko, são consideravelmente mais próximos do grego do que do italiano.

 

13. Maldivas da Itália

Na Puglia há uma praia mais incrível que a outra, paraísos que lembram lugares exóticos que poderíamos pensar que se trata das Maldivas e não da Itália. Por esse motivo que a praia de Pescoluse, a apenas 12km de Santa Maria di Leuca, foi apelidada de “Maldivas da Itália”!

Trata-se de praias de areia branca e fininha, dunas e mar bem raso com águas cristalinas, um lugar incrível que você precisa colocar no seu roteiro de verão!

 

14. Uma gruta de tirar o fôlego!

Bem, não é só as praias da Puglia que são bonitas. Além delas, há um outro lugar espetacular, as Grutas de Castellana.

As Grutas de Castellana são um complexo de cavidades subterrâneas consideradas as mais espetaculares da Itália.

Localizadas no município de Castellana-Grotte, na província de Bari, elas se localizam a 330 metros acima do nível do mar, no planalto calcário formado no Cretáceo Superior, cerca de 100 milhões de anos atrás. As grutas estendem-se por 348 metros e atingem uma profundidade máxima de 122 metros da superfície.

 

15. É uma das maiores regiões produtoras de vinho

Degustação na Masseria L’Astore

A Puglia é uma das maiores regiões vinícolas da Itália, produzindo cerca de 700 milhões de litros de vinho anualmente, principalmente vinho tinto.

No passado, a maior parte dessa produção era transformada em álcool industrial, usada para fazer vermute ou então enviada em navios-tanque para ser misturado com vinhos de regiões mais famosas mais ao norte.

Nos últimos anos, grandes esforços têm sido feitos para melhorar a qualidade. À medida que Puglia abandona sua reputação de grandes vinhos com excesso de álcool, começa-se a ver garrafas mais impressionantes, bem como uma série de vinhos bastante competitivos. Entre as castas autóctonas estão a Negramaro, Primitivo e Nero di Troia.

Leia também: Os vinhos da Puglia 

 

16. A Puglia era conhecida como o “celeiro da Itália”

Um campo de trigo na parte norte da Puglia, local das maiores plantações de grãos.

É na Puglia que se concentra a maior produção de trigo duro da Itália e sempre foi uma terra particularmente ideal para o cultivo de cereais. Foi assim que já desde a época dos romanos a Puglia era chamada de “celeiro da Itália”.

Apesar de algumas massas italianas serem feitos com trigo importado da China ou do Canadá, por causa dos preços baixos, as melhores ainda utilizam trigo da Puglia. Além disso, você também encontrará ótimos pães (como o famoso pão de Altamura) e outros produtos de forno por lá!

 

17. Orecchiette, curiosidades sobre a Puglia gastronômica

curiosidades sobre a Puglia

Orecchiette colocadas para secar na porta de uma casa do centro histórico de Bari

Ainda a propósito de trigo e massa, não podemos não falar das “orecchiette”, massa símbolo da Puglia, que representam um verdadeiro pilar da tradição culinária desta região. Rigorosamente feitas à mão, as orecchiette (que significa ‘orelhinhas’) são redondas e côncavas, forma que as torna insuperáveis ​​para “segurar” bem o molho.

A origem da massa é um mistério, de fato não existem documentos que certifiquem o seu nascimento. De acordo com a tradição local, a forma das orecchiette parece ser inspirada na dos telhados dos trulli, embora existam teorias que remontam à cultura judaica.

Por volta do final dos anos 1500, encontraram nos arquivos da igreja de San Nicola de Bari um documento com o qual um pai deu a padaria para sua filha. Além disso, na escritura também se podia ler que o mais importante que restava no dote do casamento era a capacidade da filha de preparar “recchietedde”.

Ainda hoje, se o preparo das orecchiette for feito de maneira artesanal, seu interior será liso, enquanto a superfície externa ficará enrugada, por ser arrastada na prancha.

Enfim, as orecchiette podem ser  temperadas das mais variadas formas, mas dá o seu melhor na versão mais tradicional, ou seja com folhas de nabo.

 

18. É na Puglia que termina a Via Appia

A Coluna Romana

Uma das criações mais notáveis ​​dos romanos foi a invenção das redes rodoviárias, e a Via Appia foi um dos primeiros e mais famosos sistemas rodoviários que eles já criaram.

Assim, tendo o nome do censor romano que inicialmente iniciou o projeto em Roma em 312 a.C, a “Via Appia” conecta a capital da Itália à cidade de Brindisi, localizada na Puglia.

Neste período da história, Brindisi era uma das cidades mais importantes do Império Romano, um porto estratégico que servia para chegar a outras potências como a Grécia, o Egito e o Mediterrâneo Oriental.

Hoje em dia, grande parte do caminho ainda pode ser percorrido, formando um amplo percurso pela história do país e marcado por uma coluna romana situada em Brindisi, lá onde termina a Via Appia.

 

***

Gostou de conhecer essas curiosidades sobre a Puglia? Se conhecer outras, compartilhe conosco usando a caixinha de comentários abaixo!

 

Mais dicas

  • Procura experiências únicas na Itália? Veja nosso guia
  • Procura hotéis na Itália? Veja a lista de hotéis testados por nós ou veja preços no Booking
  • Faça um passeio particular com Guias em Portuguêsveja aqui – e aproveite mais a viagem.
  • Procura Transporte na Itália? temos serviço de Van com Motorista e barcos.
  • Faça uma sessão fotográfica na Itália e fique uma recordação única da sua viagem. Veja aqui.
  • Aprenda a cozinhar com um italiano, uma experiência imperdível! Aula de culinária particular na Itália, diversão garantida. Roma, Toscana e Piemonte

Saiba mais

 

 

Deixe uma resposta

Style Switcher

Skin:

Backgrounds:

                       

You can also upload your own background from the Admin Panel.

Highlight Color:

             

Best viewed within the shop.

You can also create your own highlight color from the Admin Panel.