By

Conheça essa história interessante sobre o Tortellino “nó do amor” de Valeggio sul Mincio, apenas uma das tantas histórias italianas ligadas a culinária.

A cozinha italiana é tão diferente de região para região, e as características que definem essas diferenças são baseadas na agricultura, no clima, na economia local e nas tradições. Porém um traço comum a todas, é o orgulho, pois de norte a sul você encontra italianos orgulhosos de sua culinária.

Uma curiosidade é que o italiano é “barrista” – gosta do que é da sua região, e somente aquele prato é bom, o da cidade vizinha, que é muito igual ja não é a mesma coisa. O valor que eles dão a culinária típica da sua terra, seus costumes, desempenham um papel fundamental na socialização, construção da comunidade e da família.

valeggio sul mincio verona veneto 9

A somente 25 quilômetros de Verona  fica Valeggio sul Mincio, uma cidade pequena mas renomada pela sua cozinha, que soube misturar um pouco da tradição dos agricultores e dos pescadores com aquela mais refinada dos “senhores”, mantendo sempre o aroma, os perfumes e os sabores. Valeggio é famosa por ser uma das capitais do tortellini da Itália.

nodo3

Muito se fala que na região da Emília Romagna, onde um dos pratos típicos é o tortellino, mas o de Valeggio ha algo de diferente, é o tipo de massa e o tipo de, bom direi “fechadura” da massa é diferente…. mas sobretudo…. ha uma lenda muito apreciada. E claro, como toda lenda que se presa na Itália tem a ver com o que? O amor… – oh terra pra ter gente romântica ne?

valeggio sul mincio verona veneto 19

Não se pode chamar esse tortellini de um simples “tortellini”….. não, não, não. Valeggio é a casa do “Nodo d’Amore”, ou, em português, o nó de amor.

O nome nascnodo5eu de uma lenda de amor do século 13. Diz a lenda uma tropa de soldados estavam acampados nas margens do Rio Mincio.

nodi 1

Um dos atores, chamados para entreter os soldados,  lhes disse que as águas do rio Mincio eram povoadas por belas ninfas, que saíam do rio e dançavam. Porém elas tinham sido enfeitiçadas e todas as vezes que saiam da água se transformavam em bruxas feias. Um dos soldados, Malco, fico impressionado por esta história e, na mesma noite, enquanto todos dormiam, foi despertado pelas bruxas realmente dançando. Intrigado, ele foi ao encontro das bruxas que fugiram, mas durante a fuga, uma bruxa perdeu sua capa e virou uma bela ninfa. Os dois se apaixonaram de imediato, mas antes do amanhecer a bela ninfa teve que voltar ás águas do Mincio. Como um símbolo de amor a ninfa doou ao soldado um lenço atado.

Dnodo6urante uma festa, no dia seguinte, Malco reconheceu em uma das dançarinas, Silvia, a ninfa amada, que por amor havia enfrentado o mundo dos homens. Infelizmente, os olhares amorosos entre os dois despertou o ciúme terrível de uma dama que ja estava de olho no capitão. Essa mulher enciumada, denunciou a bela Silvia, o valente Malco conseguiu fazer com que ela escapasse para que pudesse retornar ao rio.nodo7

Naquela noite, Silvia apareceu na cela onde ele tinha sido preso. Malco apaixonado decide abandonar o mundo dos homens para segui-la no mundo das ninfas. Isabella, a dama que tinha denunciado Silvia, arrependeu-se e ao saber desse amor tão grande, fez com que os soldados se retirassem e facilitou a fuga dos dois. A tropa, ao chegar as margens do Mincio, encontram abandonado um lenço de seda dourado, amarrado pelos dois amantes para lembrar seu amor eterno.

E ainda hoje as mulheres da cidade, para lembrar a história de dois amantes, fazem uma pasta fina como seda, cortada e amarrada como o lenço dourado dos amantes do Mincio, embelezado com um recheio delicado, assim nasce a história do Tortellino de Valeggio, o tortellino “nodo d’amore – nó do amor.

valeggio sul mincio verona veneto 17

Os Tortellini de Valeggio são feitos com massa de ovos, com um recheio de carne de boi, porco, frango, aromas naturais (cebola, cenoura, aipo e alecrim), vinho Bardolino e um pouco de farinha de pão cozidos juntos, depois toda a mistura é moída até obter uma massa macia. O recheio é colocado sob a massa, em seguida, cortada em quadradinhos e fechada.

valeggio sul mincio verona veneto 15

Os tortellini devem, portanto, serem deixados em repouso até que a massa esteja seca. Portanto, eles são ligeiramente diferentes daqueles que você vai encontrar na região de Emilia Romagna.

valeggio sul mincio verona veneto 21

Na minha recente visita a Valeggio durante o Blog Tour #VeronaGarda eu visitei o Pastificio il Re del Tortellino (o rei do tortellini) para participar de uma  demonstração e coloquei a mão na massa!

Ver essas mulheres na linha de produção amarrando os “nós de amor” numa facilidade foi surpreendente. Você podia ver nos sorrisos o sentimento de orgulho, enquanto elas trabalhavam. Veja o vídeo abaixo:

Eu claro, aprendi a fazer o nó do amor, com elas e com o próprio Rei do Tortellino, gente, mas là tem mesmo um Rei!!!

E ai, vocês acham que eu me dou bem na cozinha?

Olha ai meu Tortellino, até que saiu bonitinho ne?

valeggio sul mincio verona veneto 2

Nós depois provamos o tortellino de uma maneira diferente, frito, e é como batata frita, não dá vontade de parar de comer! É uma ótima opção de lanche o tortellini frito, é crocante! O segredo é cozinha-lo e depois fritar.

A família Bignotti produz os tortellini nodo d’amore desde 1980 e hoje quem continua é uma das filhas. O pai é o senhor fantasiado de Re del Tortellino e que me contou que ha mesmo uma “posse” como rei que acontece todo ano na Festa do Tortellino di Valeggio.

Assocazione Ristoratori Valeggio (Associação dos Restaurantes) organiza um festival anual de tortellini em honra a pasta dourada e a história de amor de Malco e Silvia. Na terceira terça-feira de Junho de cada ano, a Ponte Visconteo fica fechada ao trânsito e fica cheia de mesas para uma grande festa chamado de Festa del Nodo d’Amore (Festival do nó do amor). Conversando aqui e ali, descobri que para poder participar desta festa tem que reservar até no máximo março (uau é mesmo famosa essa festa).

valeggio sul mincio verona veneto 11

E mais tarde, durante um longo almoço no Ristorante alla Borsa, pudemos degustar 2 tipos de tortellini, o tradicional e o de abóbora. Recomendo este restaurante, pessoal amável e comida ótima.

Uma coisa é fato, quando você foge das grandes cidades italianas, você encontra pessoas mais abertas e atenciosas com os turistas, adorei a minha passagem pela cidade, e ainda tem mais um post sobre esta cidade adorável, aguarde! Ainda, nesta série de posts  teremos mais 1 de gastronomia, aprendi, “botando a mão na massa”, a fazer o bigolialla prossima ragazzi!

valeggio sul mincio verona veneto 6

a turma do Blogtour na frente do local

Uma viagem para Valeggio sul Mincio pode ser combinada com uma visita a:

Mais dicas:

Saiba mais:

*Este post contém links para afiliados. Para ver nossa política de monetização, clique aqui.

 

♦ Mapa                                                                                     

Nota: Eu participei nesta viagem de imprensa como parte da minha seleção como um Top Blogger no TBDI2014. Esta turnê pós-conferência foi financiado pelos seguintes parceiros a quem agradeço imensamente pelo apoio e hospitalidade comovente: TTG Itália , TBDI – Viagens Blogger Destination Itália, Verona Tuttiintorno, Lago di Garda-Veneto, Comune di Verona, Comune di Valeggio Sul Mincio (Verona), Comune di Cavriana (Mantova) e Palazzo Te-Mantova. Este post faz parte de uma série de textos baseados nas minhas experiências durante esta viagem. Todos serão identificados. Não recebi dinheiro para escrever, não tenho nenhum vínculo de obrigações de produção de textos, divulgação de mídia social, portanto tenho total liberdade editorial.

blogtrip

 

Deixe uma resposta

Style Switcher

Skin:

Backgrounds:

                       

You can also upload your own background from the Admin Panel.

Highlight Color:

             

Best viewed within the shop.

You can also create your own highlight color from the Admin Panel.