20 Fatos sobre o Lazio

 •  0

Por

O Lazio é uma das mais importantes regiões da Itália, sobretudo porque é lá que se encontra a capital do país. Mas o Lazio não é só Roma. Por lá passaram grandes civilizações com séculos e séculos de história, que deixaram seus rastros e influência na história da humanidade.

Assim, conheça 20 fatos e curiosidades sobre esta região da Itália.

 

1.O Lazio fica na parte central da Itália

A região do Lazio fica na Itália central e é dividida em 4 províncias (Viterbo, Frosinone, Rieti e Latina) mais a Cidade Metropolitana de Roma. Com 5,7 milhões de habitantes, o Lazio é a terceira região mais populosa da Itália, depois da Lombardia e da Campânia. Possui uma alta densidade populacional (323 hab./km²) para os padrões europeus, superior à maior parte dos países deste continente.

2. Lazio é um nome de origem latina

O nome “Lazio” ou “Lácio” deve seu nome aos latinos, uma antiga população itálica que habitava esse território antes de Roma se tornar a maior capital da antiguidade.

Por muitos séculos, a palavra “Lazio” não foi usada para indicar uma região específica como aconteceu com a conhecida Etrúria, Maremma, Sabina e Roma. A região foi nomeada novamente “Lazio” somente após 1870, quando a Itália finalmente já era um país unificado.

 

3. Roma, Caput Mundi

Roma, capital da Itália, é também a capital do Lazio. Há séculos também chamada Caput Mundi, ou a capital do mundo, com sua rica herança cultural, arquitetônica e urbana. Roma, a Cidade Eterna, pronta para receber mercadores, escravos, aventureiros, peregrinos e viajantes. Estudos arqueológicos colocam o nascimento de Roma em 753 a.C. O aniversário de Roma é comemorado no dia 21 de abril.

 

4. Vaticano, um país dentro de outro

Vaticano, menor país do mundo, fica dentro das fronteiras do Lazio, mas especificamente dentro de Roma.

O Estado da Cidade do Vaticano, como é chamado oficialmente, nasceu em 11 de fevereiro de 1929, com o Tratado de Latrão, assinado entre a Itália (na época governada por Mussolini) e a Santa Sé. Com alguns acordos concluíram a chamada “questão romana”, uma disputa territorial entre os dois lados, aberta em 1870.

 

5. O Lazio é uma região cheia de lagos vulcânicos

Montefiascone, Lazio

Um terraço em Montefiascone com vista para o Lago de Bolsena

Os lagos do Lazio são uma das grandes maravilhas desta região. De fato, lá há o maior número de lagos vulcânicos da Itália.

As margens dos lagos do Lazio foram povoadas desde os tempos neolíticos para depois passar para as civilizações antigas dos etruscos e romanos. Nesse caso, estamos falando do Lago Bolsena, Lago Vico, Lago Bracciano e Lago Albano, todos de origem vulcânica, que apresentam evidências históricas a partir da Idade do Ferro.

 

6. E também águas termais

Termas em Viterbo, Lazio

Uma terma ao ar livre em Viterbo

Na Roma Antiga, era uma prática  de entretenimento muito comum mergulhar nas águas termais da região. Um passatempo que atravessou os séculos e chegou aos tempos atuais. Na área do Lazio existem várias fontes termais gratuitas e pagas, para que você possa passar um dia relaxante no estilo completo dos imperadores.

Há termas maravilhoas em Tivoli, a Acque Albule; em Stigliano, no Lago de Bracciano, em Viterbo e, por fim, em Fiuggi Terme, a pátria das águas termais.

Leia também: As termas de Viterbo

 

7. Tem um arquipélago com 6 ilhas

Ilha de Ponza, Lazio

A graciosa ilha de Ponza

Nem todo mundo sabe que no Lazio, uma região sem dúvida dominada pela grandeza de Roma, há um arquipélago.

As Ilhas Pontine (ou Ilhas Ponziane) são o único arquipélago do Lazio e todas fazem parte da província de Latina. As ilhas que o compõem são 6: Ponza, Ventotene, Palmarola, Zannone, Santo Stefano e Gavi. As ilhas de Palmarola, Zannone, Santo Stefano e Gavi são desabitadas (Palmarola tem apenas um restaurante) e mantiveram o ambiente tipicamente mediterrâneo praticamente inalterado.

A ilha de Ponza é a mais conhecida e também a maior e com o maior número de habitantes. Sua fama se deve ao mar cristalino e às lindas praias. Algumas delas estão localizadas em lugares realmente fascinantes, muito procurados pelos turistas. As maravilhas da natureza são ladeadas por um importante patrimônio histórico e pela característica vila costeira de Ponza. Entre os becos e o porto, você pode mergulhar na autêntica atmosfera mediterrânea.

Ventotene é, juntamente com a Ilha Ponza, a única área habitada do arquipélago. Além do município de mesmo nome, existem várias pequenas praias e em muitas das quais é possível chegar apenas pelo mar. As mais famosas são as praias de Cala Nave e Cala Rossano. As áreas próximas ao farol e as salinas permitem que você passe um dia na praia em total relaxamento em áreas que não são particularmente populares. A Ilha de Ventotene é um pequeno canto do paraíso para todos aqueles que não gostam de turismo de massa.

 

8. É a terra da lavanda na Itália

Sabe aqueles lindos campos de lavanda? Na Itália também tem e uma das regiões onde você pode encontrá-los é o Lazio.

A cidadezinha de Tuscania, no norte do Lazio, é de fato considerada a cidade da lavanda e, no início do mês de julho, realiza o Festival de Lavanda nas ruas e praças. Um outro lugar mágico, cercado pela natureza, há alguns quilômetros de Tuscania, é a Abadia de San Giusto, uma abadia cisterciense com história antiga e cercada por campos de lavanda. É o lugar certo para visitar se você quer ver campos de lavanda!

 

9. É o lugar de um dos maiores clássicos do futebol italiano

Estádio Olímpico de Roma Lazio

Estádio Olímpico de Roma

Podemos dizer que Benito Mussolini ajudou no nascimento da partida de futebol mais feroz da Itália, chamado pelos italianos derby della capitale, isto é, o clássico da capital, o Roma x Lazio.

Em 1927, o ditador decidiu criar uma fusão de equipes da cidade de Roma, em um esforço para desafiar a supremacia das equipes do norte. Os times do Roman, Alba-Audace e Fortitudo se fundiram e formaram a AS Roma. Já o time do Lazio se recusou a fazer parte deste conglomerado e, por isso acabou se tornando um outsider.

O número de torcedores do Lazio obviamente era menor que o do Roma e, com toda essa rivalidade, a mentalidade do torcedor do Lazio ficou imbuída do desejo de recuperar o que antes era deles. Nesse caso, era a cidade de Roma.

Desde então, os dois lados têm sido rivais, lutando – dentro e fora do campo. Para os torcedores do Roma, o Lazio é associado à zona rural. Assim, o termo burini ou “camponeses” é frequentemente usado pelos torcedores do Roma para descrever seus rivais.

 

10. Um lugar cheio de mitos

Circeo, Lazio

No fundo, o Promontório do Circeo, a ilha de Eena na Odisséia. Foto: Giorgio Rodan – FlickR

Qualquer pessoa que se interesse por mitologia ou tenha lido a Odisséia, de Homero, conhece o mito da feiticeira Circe e a história de Ulisses que desembarca na ilha de Eana e conhece a linda feiticeira com seus belos cachos, e navegando em direção a sul, as sereias (ninfas marinhas que tinham o poder de enfeitiçar com seu canto todos que o ouvissem).

“Circe belos-cachos, fera deusa de humana voz.” – Homero

De acordo com a geografia mitológica, o Promontorio del Circeo, no sul do Lazio, correspondia à ilha de Eena e lar de Circe. O promontório Circeo incorpora fantasia, lenda e mito: a lenda segundo a qual a voz da feiticeira seria ouvida, a forma do promontório que lembra uma figura feminina, a área arqueológica no topo do Pico Circe, a imensa beleza da paisagem parecem criar um elo indissolúvel e real com o conto homérico.

O nascimento de Roma também baseia-se na mitologia. Reza a lenda que Réia Silvia, filha de Numitor, legítimo rei de Alba Longa, mas deposto por seu irmão Amúlio, teria se unido ao deus Marte e teria dado à luz gêmeos, Rômulo e Remo. Amúlio, temendo que um dia os descendentes de Numitor o expulsassem do trono, ordenou que seus guardas abandonassem os gêmeos recém-nascidos nas margens do rio Tibre. Os gêmeos, no entanto, teriam sobrevivido graças à intervenção de uma loba, e depois de serem criados por um pastor de ovelhas chamado Fáustolo, eles finalmente teriam ajudado o avô Numitor a retornar ao trono, matando Amúlio. Depois disso, eles teriam fundado uma nova cidade – Roma, no lugar onde haviam passado a infância.

 

11. Tem um dos mais famosos mosteiros do mundo

Lugares de São Bento: a Abadia de Montecassino

A Abadia de Montecassino

Seu perfil majestoso e ao mesmo tempo elegante não escapa ao olhar dos mais desatentos dos viajantes. Localizada no alto de um monte, a 516 metros acima do nível do mar, a Abadia de Montecassino, fundada por São Bento, é um dos lugares mais encantadores da Itália. Seus mais de vinte mil metros quadrados são visíveis de longe! Um lugar poderoso, mas ao mesmo tempo místico, que tem suas raízes em uma época em que tudo era diferente, até os pontos de vista.

12. Foi o lugar da primeira “rodovia” do mundo

Um pedacinho da Via Appia, em Roma

O maior monumento da antiguidade ainda visível no Lazio é, sem dúvida, a densa rede viária (ruas, estradas) que remontam ao Império Romano e partem de Roma: todas as estradas consulares, direcionadas para as áreas mais distantes do Império, começaram, de fato, a partir da capital.

É um caminho de cerca de cem mil quilômetros de extensão, feito de estradas pavimentadas, que tinha que ser à prova de intempéries e muito resistente, pois teriam que aguentar um grande tráfego de caravanas, soldados e mercadorias transportadas em carroças pesadas puxadas por bois.

As mais antigas são a Appia, também chamada Regina Viarum, que começou a ser construída em 312 a.C. e terminou em Brindisi no ano 264 a.C., e a Flaminia, que ligava Roma ao lado do Mar Adriático. Salaria e Aurelia seguiram, percorrendo a costa do Tirreno, até a Gália, hoje a França. Podemos então dizer que a Via Appia foi a primeira rodovia do mundo!

 

13. Sítios arqueológicos importantíssimos

Vulci, Lazio

Vulci

Alguns dos sítios arqueológicos mais importantes do Lazio estão ligados aos centros etruscos na margem norte do rio Tibre. Entre eles, Veio é um dos mais famosos por suas esculturas de argila encontradas em um templo de Apolo. Outros sites importantes são Tarquinia, conhecida por seus incríveis túmulos pintados e Cerveteri com suas necrópoles monumentais.

Outro lugar que não podemos deixar de mencionar é Vulci, com seu castelo, próximo à divisa com a Toscana. Em Vulci há um grande Parque Arqueológico com as ruínas de uma necrópole etrusca.

Leia também: O Castelo de Vulci

 

14. Jardins e Vilas Romanas

Villa Adriana, Tivoli

Villa Adriana, Tivoli

O Lazio é repleto de ruínas romanas, mas elas não estão só em Roma! Muitos imperadores decidiram construir suas casas e vilas fora da cidade, ao longo do litoral, o que lhes permitia passar curtos períodos de relaxamento, permanecendo perto do centro de poder, para que pudessem retornar em algumas horas em caso de emergência. Os arredores de Roma estão, portanto, cheios de vilas romanas.

Sem dúvida alguma, a mais famosa é a Villa Adriana, em Tivoli, um Patrimônio da Humanidade da Unesco. A Villa Adriana é a maior, mais bonita e melhor preservada vila romana do Lazio, construída pelo imperador Adriano.

A poucos quilômetros da Villa Adriana fica a Villa d’Este, que não é uma vila de época romana, mas sim renascentista. A Villa d’Este em Tivoli é um verdadeiro sonho, com suas 50 fontes monumentais. Cada fonte tem seu próprio significado e é isso que surpreende o visitante ao ver alegorias, estátuas e decorações antropomórficas por todas as partes

 

15. É no Lazio que fica o maior estúdio cinematográfico da Europa

Marcello Mastroianni – Foto: WikiCommons

Um grande aspecto da cultura no Lazio está enraizado no cinema. Não apenas porque Roma sempre foi cenário de inúmeros sucessos de bilheteria importantes, mas também porque porque lá perto fica Cinecittà, o maior estúdio cinematográfico da Europa. Com essa cultura do cinema como parte essencial da região Lazio, existem muitos atores, diretores e cineastas que nasceram lá ou quem chamam a região de lar, causando um enorme impacto na cena cinematográfica global.

Em termos de atores e atrizes, o Lazio é o lar de estrelas como Silvana Mangano (chamada de “Rita Hayworth italiana”), a vencedora do Oscar Anna Magnani, Alberto Sordi e Marcello Mastroianni, um dos atores italianos mais importantes de todos os tempos e bicampeão do Globo de Ouro.

Quanto aos diretores e cineastas, o Lazio é o berço do incomparável Sergio Leone. Outros diretores e cineastas notáveis ​​do Lazio incluem Gabriele Muccino (“A Busca da Felicidade”), Carlo Verdone, Mario Monicelli, Dario Argento, Roberto Rossellini e quatro vezes vencedor do Oscar, Vittorio De Sica.

 

16. É o lugar da “Cidade que Morre”

Civita di Bagnoregio, Lazio

Civita di Bagnoregio

Entre os fatos sobre o Lazio, não podemos não mencionar Civita di Bagnoregio, um vilarejo localizado no topo de uma rocha vulcânica, onde se chega apenas por uma passarela.

Apelidada de “a cidade que morre”, pois a rocha sobre a qual se encontra é altamente vulnerável à erosão e outras forças naturais, a vila foi salva da extinção por investimentos externos e hoje em dia é uma grande atração turística. É necessário pagar uma pequena taxa de entrada e esteja preparado para compartilhar sua visita com grandes multidões, se você vier durante a alta temporada. 

 

17. Um castelo na praia

Castello di Santa Severa, Lazio

Castello di Santa Severa, Lazio

A pouco menos de 1h de Roma fica o Castelo de Santa Severa, um lugar extraordinário, um tesouro cheio de história que afunda suas raízas lá na época romana.

Se você viaja no verão, além de conhecer esse lindo castelo pode também ir à praia! Pertinho do castelo ficam as praias de Santa Marinella e Santa Severa, ambas a uma curta distância de Roma e facilmente acessíveis de trem. Elas são praias com acesso público gratuito e fazem parte de um litoral dourado pelas águas cristalinas do mar Tirreno.

 

18. Um jardim “monstruoso”

bomarzo, Lazio

Bomarzo

O jardim surreal e onírico de Bomarzo, apelidado de Parco dei Mostri (Parque dos Monstros) e a Floresta Sagrada, são lugares muito peculiares do Lazio, construídos a mando do nobre Pier Francesco Orsini, no século XVI.

Considerado expressão do luto após a morte da amada esposa de Orsini, o layout irregular do jardim e as estátuas monstruosas com gravuras enigmáticas são uma rejeição total da convenção de paisagismo renascentista.

O jardim ficou abandonado por vários séculos após a morte de Orsini, mas foi restaurado e voltou à sua antiga glória após sua redescoberta por Salvador Dali e os surrealistas na década de 1940. 

 

19. Uma das mais curiosas festas religiosas da Itália

Como você empurra uma tocha com 28 metros de altura e pesando 5 toneladas no meio de uma cidade completamente escura? Pergunte aos carregadores da “Macchina di Santa Rosa“, protagonistas de uma homenagem de fé e tradição que acontece todos os anos em Viterbo, a “cidade dos Papas”.

Na noite de 3 de setembro, às 21h, Viterbo fica totalmente no escuro. A iluminação pública e a de todas as casas, edifícios e lojas são desligadas. Uma única grande luz passa pela cidade, é a Máquina de Santa Rosa. Um imenso teste de força que envolve 100 carregadores no início, que deixam o “carro” quando as estradas a percorrer se tornam menos largas.

Os carregadores são divididos em “tufos”, “ombros” e “templos”, dependendo da posição que ocupam sob a tocha, em uma marcha de um quilômetro de comprimento no centro histórico. No ritmo de “parem e ergam”, “Santa Rosa à frente”, a máquina prossegue em um ritual emocionante que atrai milhares de pessoas, fiéis, é claro, mas também turistas e curiosos que participam de uma tradição comunitária profundamente sentida.

 

20. Lazio é a pátria de alguns dos principais clássicos da culinária italiana

Cacio e Pepe

Sabe a Carbonara? O molho amatriciana? O Cacio e Pepe? A pasta all’arrabbiata? Pois é, são grandes clássicos da cozinha italiana, conhecidos no mundo inteiro. Mas além disso, sabe o que mais eles têm em comum? São todos pratos típicos da região Lazio!

 

Mais dicas

  • Procura experiências únicas na Itália? Veja nosso guia
  • Procura hotéis na Itália? Veja a lista de hotéis testados por nós ou veja preços no Booking
  • Faça um passeio particular com Guias em Portuguêsveja aqui – e aproveite mais a viagem.
  • Procura Transporte na Itália? temos serviço de Van com Motorista e barcos.
  • Faça uma sessão fotográfica na Itália e fique uma recordação única da sua viagem. Veja aqui.
  • Aprenda a cozinhar com um italiano, uma experiência imperdível! Aula de culinária particular na Itália, diversão garantida. Roma, Toscana e Piemonte

Saiba mais

 

 

Deixe uma resposta

Style Switcher

Skin:

Backgrounds:

                       

You can also upload your own background from the Admin Panel.

Highlight Color:

             

Best viewed within the shop.

You can also create your own highlight color from the Admin Panel.