By

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Share on Tumblr0Email this to someonePrint this page

Veja algumas dicas para visitar Alghero e região, na Sardenha, além de praias, natureza incontaminada, grutas e história.

Temos um pequeno canto do paraíso no coração do Mediterrâneo e é chamado de Sardenha. Costas com vistas deslumbrantes, belas praias e mar azul para invejar qualquer Antígua. No entanto, a Sardenha é muito mais: é uma emoção constante que corre pelas muitas facetas de uma ilha para viver em seu ar natural e histórico que a respira.

sardenha alghero 37

Para viajar a Sardegna em geral, algumas dicas:

  • procure vôos low cost – eu fui de avião a partir de Pisa, fui de Ryanair. A partir de vários aeroportos da Itália é possível visitara Sardenha sem pagar um absurdo, visite os sites das várias companhias como Ryanair, Swiss, Air Dolomiti, Eurowings, Air Berlin, Brussels Airlines, GermanWings, Smart Wings e Vueling, além de várias outras companhias mais famosas como Lufthansa, Iberia e Alitalia.
  • alugue um carro – na Sardenha, a melhor maneira de se locomover é definitivamente alugar um carro. No aeroporto de Alghero, retiramos o carro reservado on-line há alguns dias no rentalcars  um portal que procura as melhores tarifas das principais empresas internacionais de aluguel de carros. Em apenas alguns cliques, você encontrará o carro adequado à sua viagem e suas necessidades, com o conhecimento de que você encontrou a tarifa mais barata.
  • escolha bem onde ficar – Evite ficar nos centros históricos das cidades se tiver de carro, para evitar o problema do estacionamento e claro, das zonas de trafico limitado. Já que a maioria das pessoas vai às praias, interessante é ficar em resorts, hotéis boutique e B&B’s fora do centro. Meu conselho é sempre escolher um hotel próximo a um centro urbano, porque assim à noite pode passear, jantar no centro, etc… se ficar num local isolado acaba sendo difícil. Eu fiquei no Alghero Resort Country Hotel, muito bom, recomendo.

Sim, perfeito. Mas o que ver  em Alghero?

A área de Alghero é simplesmente incrível. É toda uma sucessão de costas arenosas e infinitas, misteriosas enseadas escondidas, mas também locais glamorosos e aldeias pitorescas onde a tradição da Sardenha ainda é extremamente viva.

Antigos ocupantes, os aragoneses (e depois os Catalães e até Pisanos) construíram muralhas e torres que hoje caracterizam a cidade velha ou Città Vecchia.

Aqui está a nossa lista de 5 lugares para ver em Alghero e seus arredores, algumas dicas e ideias para uma viagem para lembrar entre fotos, emoções e pontos dignos de cartão postal.

1. centro histórico de Alghero:

sardenha alghero 43

Cidade fortificada, Alghero e suas torres são um testemunho da história que a caracterizou durante séculos. Das torres que compunham a muralha da cidade original, existem hoje apenas sete das originais que cercavam a cidade, incluindo a Torre de Torre de Sant Joan (ao lado do anfiteatro), a Torre de l’Esperò Reial, a Torre de Sant Jaume e a Torre de la Polvorera.

A não deixe de fazer uma caminhada ao longo das muralhas e admirar os bastiões da muralha de San Giacomo, San Giovanni, Vincenzo Sulis e della Maddalena, bem como uma visita à Catedral de Santa Maria, que é o emblema da cidade catalã. A Catedral de Santa Maria, em estilo catalão-gótica abrange o túmulo de Maurizio Savoia, bem como uma tarde altar barroco.

sardenha alghero 45

 A Plàia Civica é a praça medieval da cidade, acessível passando a Porta a MarePlàia del Bisbe é uma praça arborizada movimentado com os seus cafés deliciosos para fazer uma pausa, e da qual você pode ver os restos do Forte de la Magdalena.

sardenha alghero 44

Seus becos e o belo centro histórico se prestam a uma agradável caminhada entre lojas típicas e restaurantes.Você pode passear por 2 horas ou mais através das ruas estreitas e sinuosas com seus palácios e igrejas em decomposição. Muitos habitantes da cidade velha ainda falam catalão em vez de italiano.

2. as praias perto de Alghero

sardenha alghero 38

Bombarde

Não é necessário procurar o mar cristalino onde Alghero oferece praias e um mar maravilhoso. Certamente, se você for em agosto, vai encontrar tudo lotado, mas se você decidir ir lá outra vez, então você pode desfrutar de todo o mar que você deseja. Sugiro-lhe a praia de Le Bombarde em direção a Fertilia como uma das mais belas da região.

Veja aqui, as praias da Sardegna que são consideradas as mais belas da Itália.

As mais famosas são ao norte da cidade, a praia de Lazzaretto e a Bombarde estão mais distantes e podem ser alcançadas de bicicleta ou com ônibus confortáveis ​​que partem do centro da cidade e giram pelas praias (os horários estão no site oficial).

sardenha alghero 28

Praia de Maria Pia – fica ao norte da cidade. Você pode caminhar ou andar de bicicleta. A praia é longa, areia fina e precedida por dunas com uma floresta de pinheiros linda e perfumada. A praia é gratuita, e você encontra alguns quiosques, onde você pode comer sanduiches, sorvete, etc. Se você tem pouco tempo, esta é a praia para você.

Praia de Bombarde – é a primeira praia bonita incluída no parque natural regional de Porto Conte, a cerca de dez quilômetros do centro da cidade. Atrás da praia há um vasto pinhal onde há um hotel e várias casas particulares. A praia tem uma parte à pagamento e uma parte menor e livre.

sardenha alghero 41

Paria de Lazzaretto

Praia de Lazzaretto – fica logo após a Bombarde, a cerca de 13 km de Alghero. A água vai de turquesa a transparente, a praia é areia branca e fina. A praia não muito grande, com uma parte à pagamento com espreguiçadeiras e guarda-sóis.

3. Complexo Nuraghe di Palmavera

 sardenha alghero 46

Nurago ou Nurague é um tipo de torre-fortaleza troncocónica, próprio da Cultura nuráguica (ou nurágica) da Sardenha, em que se aplica o princípio da falsa cúpula, originário do Mediterrâneo oriental. São construções que datam da Idade do Bronze, a partir do II milénio a.C. Em todo o país que foram descobertos e trouxe à luz muitos nuraghe como Siseri e Palmavera, que constituem cidades nurague reais.

Foi classificado como nuraghe “complexo”, composto por várias torres unidas. Na verdade, este complexo nuragic abriga vários edifícios e trouxe à luz muitos achados alojados nos principais museus da Sardenha (Cagliari e Sassari). Uma verdadeira jóia da civilização nuragica, visitar é uma maneira maravilhosa de descobrir o passado dessa terra.

Dica:

aproveite e visite a ponte de Perto de Fertilia, na lagoa de Calich, existe uma antiga ponte de origem romana reconstruída na época medieval. Das escavações e estudos os primeiros sete arcos remontam ao período romano. A ponte antigamente tinha 24 arcadas, 10 das quais, quase metade da ponte, foi destruída na década de 1930 durante o trabalho de recuperação da lagoa.

sardenha alghero 33

4. Bosa e a estrada espetacular que o conecta com Alghero

Uma paisagem escondida na zona rural de Oristano de casas muito coloridas é Bosa, a “Cidade do Sol”, e há alguns anos considerado o segundo burgo mais bonita da Itália, após o Gangi na Sicília.

sardenha alghero 1

Não perca a oportunidade de fazer um pouco de compras tradicionais, a Bosa é de fato conhecida pelos seus tecidos, bordados e cestas trançadas. No alto da colina de Serravalle, fica o castelo de Malaspina, oferecendo a oportunidade de tirar fotografias incríveis. Bosa também tem praias extraordinárias, consideradas cinco velas no guia azul de Legambiente.

Pequena sugestão: faça um passeio na costa em direção a Alghero – 45 km da estrada provincial 105, que se torna 49 nesta área. Uma área surpreendente entre o mar e a montanha, panoramas que ganham vida,, especialmente ao pôr-do-sol.

5. Grotte di Nettuno

2

Cerca de 20 km de Alghero fica a Gruta de Netuno, um monumento natural criado ao longo dos milênios. É possível chegar até a gruta através de um passeio de barco saindo do porto turístico de Alghero, ou por estrada a partir de uma longa escadaria (claro que eu escolhi essa) chamada de Scala del Capriolo.

1

A descida é por mais de 630 degraus escavados na rocha do promontório: não é fácil, mas basta fazer devagar, parando para recuperar o fôlego, contemplando a beleza da paisagem, e com uma garrafa de água para saciar a sua sede e refrescar. Dentro da caverna é incrível, entre estalactites e estalagmites que a beleza e majestade têm nada a invejar às colunas de uma catedral.

Uma vez que você volta à superfície, eu recomendo que você altere totalmente o cenário e entre em outra maravilha da natureza: o Parque Natural de Porto Conte.

6. O Parque Natural do Porto Conte:

sardenha alghero 32

Ao longo da estrada que leva a Alghero, você encontra a entrada do parque e, a partir daí, seguindo as instruções, você pode escolher vários itinerários. Sem o mínimo de equipamento de caminhadas e nos pés somente confortáveis ​​chinelos para caminhadas, arrisquei sem muito esforço pelas rochas até Punta Giglio, muitas vezes parando para admirar a vegetação variada e exuberante e perdendo o olhar no ” Azul do mar.

sardenha alghero 35

O Parque Natural do Porto Conte começa a partir da lagoa de Calich até a costa, passando Monte Doglia até o golfo de Porto Conte nos promontórios de Punta Giglio e Monte Timidone-Capo Caccia. O Parque possui flora e fauna típicas do interior do Mediterrâneo da Sardenha, bem como cavernas marinhas como a de Capo Caccia.

Tem ainda a floresta “Le Prigionette” se estende por mais de dez quilômetros na área de Alghero, onde você pode caminhar pelas maravilhas protegidas,  numa área já cheia de vida no neolítico, e observar os restos de fortalezas espanholas espalhadas ao longo da costa.

O promontório que rodeia Porto Conte é um pequeno mundo em si mesmo, onde é possível ver a palma nana, uma palmeira anã, a única palmeira espontânea do Mediterrâneo, e admirar as águas cristalinas do Golfo.

sardenha alghero 31

eu e meu chinelo “explorador”

7. L’Aragosta alla Catalana

Uma coisa que você não deve perder se você estiver em Alghero é a lagosta catalã, um dos pratos da cozinha tradicional algherese. Um dos pratos mais famosos de Alghero, de catalão tem apenas o nome porque é nativo da cidade. Se você é um fã de boa culinária, você definitivamente deve experimentar, talvez acompanhado por um bom Terre Bianche Torbato Alghero DOC. É de comer rezando!

la rotonda

8. Pôr do sol no lungomare

Se você é romântico, o pôr-do-sol no Lungomare de Alghero não o deixará indiferente. O passeio é um dos costumes mais populares entre os locais, e os turistas estão sempre fascinados. O Lungomare dedicado à Marco Polo, com seus bares e restaurantes, música ao vivo adicionam um toque de elegância. Tem também o Lungomare Colombo, onde o aperitivo noturno é imperdível. Pare por um momento, admire o pôr-do-sol algherese, depois, tenho certeza de que esta bela cidadezinha permanecerá em seu coração!

sardenha alghero 42

 *Este post contém links para afiliados. Para ver nossa política de monetização, clique aqui.

 

♦ Mapa                                                                                     

The following two tabs change content below.
Deyse Ribeiro
Deyse Ribeiro mora na Toscana desde 2008, onde é guia de turismo habilitada, autora do blog Passeios na Toscana. Ela trocou as colinas de Minas pelas colinas do Chianti, o queijo mineiro pelo pecorino e a cachaça do interior pelo vinho Brunello, deixou pra trás o diploma de advogada e começou uma vida nova “sob o sol da Toscana”. Entende o complexo mundo do turismo na Itália, é especialista em trufas (tartufo), estudante de sommelier profissional, e apaixonada por arte e história.
 

Deixe uma resposta

Style Switcher

Skin:

Backgrounds:

                       

You can also upload your own background from the Admin Panel.

Highlight Color:

             

Best viewed within the shop.

You can also create your own highlight color from the Admin Panel.