By

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+2Pin on Pinterest0Share on Tumblr0Email this to someonePrint this page

Uma das coisas imperdíveis na Puglia é conhecer a Grotta della Poesia, e área de Rocca Vecchia, um local de piscina natural e praia com água cristalina!

Imagine uma costa rochosa cercada por águas límpidas e um azul-turquesa infinito, que não tem nada a invejar aos paraísos tropicais! É a Grotta della Poesia, ou Gruta da Poesia, localizado no Oasis da Rocca Vecchia, uma área protegida pouco conhecida na Puglia, mas da qual as fotos fazem “giro” pela internet.

grotta della poesia

La Grotta della Poesia está localizada ao longo da costa da Puglia, praticamente no “calcanhar da bota”. Fica no município de Melendugno, cujas praias foram premiadas por vários anos consecutivos com a Bandeira Azul e as 5 velas de Legambiente, classificações européia e italiana de classificação das praias. Fica no meio de caminho entre duas badaladas e famosas praias da Puglia, San Foca e Torre dell’Orso, e pertinho da cidade de Otranto e Lecce, uma ótima dica para quem vai visitar uma dessas cidades.

Veja AQUI uma opção incrível de pacote de viagem de bike na Puglia com a Cecília, em português!!!

grotta della poesia 2

Uma gruta?

Neste local, o Oasi della Rocca Vecchia se encontram:

  • uma torre de guarda do séc XV.
  • uma área arqueológica – Rocca Vecchia
  • o Santuário da Madonna di Roca do séc XVII
  • 2 grutas: a
    • Grotta della Poesia
    • Grotta della Poesia Piccola

A distância de uma gruta para a outra são 60 metros, e são interligadas por um canal (não visível) mas percorrível, que é fechado no momento.

A gruta grande é elíptica e tem 15 x 9 metros, é separada do mar aberto por cerca de 60 metros. É uma caverna de tamanho considerável, cerca de 600 metros quadrados, escavados ao longo dos anos pela força do mar. Há uma grande importância histórica, em 1983, graças ao arqueólogo Cosimo Pagliara, foram encontradas na gruta vestígios do homem pré-histórico. Numerosas são as inscrições do povo Messapi, gravadas em suas paredes, e indicam que a cavidade foi usada como um lugar de culto para a veneração do deus Taotor (ou também Tator, Teotor, o Tootor), que aparece várias vezes escrito nas paredes. Os Messapi  habitaram esta área ao redor do VI-II século aC.

Leia ainda:

2916010404 4f1ae457a5 o

O nome desta espectacular piscina natural tem uma história interessante. Segundo alguns deriva de “posia” um termo grego-medieval que indica uma “fonte de água doce”. Segundo outros, deriva de uma antiga lenda que conta que uma bela princesa usava para se banhar na caverna, e quando a notícia se espalhou, muitos poetas foram pessoalmente na cavidade natural para compor versos em honra a esta princesa (daí o nome de Grotta della Poesia).

A região foi abandonada por muito tempo, porque era zona de ataques de piratas sarracenos, o que manteve a sua característica, e manteve visível as ruínas das paredes, as ruas, as casas e o castelo medieval que podem ser visitados na área arqueológica.

Veja aqui, opções de bike tours diários de bike particular pela região!

E para se banhar?

grotta della poesia 1

Ao chegar no local você se depara com uma água incrivelmente cristalina, onde é possível ver o fundo e a areia branquinha, que cria um cenário incrível. Você deve caminhar sobre a pedra portanto indico usar a sapatilha que ajuda a não escorregar quando precisar subir ou caminhar entre as pedras.

Para conseguir tomar banho nesta maravilhosa piscina natural, é necessário equilíbrio para conseguir descer a grande rocha. Você tem 2 opções, pode pular ou descer pela escadinha escavada na própria gruta que leva tranquilamente até a piscine natural. A mais divertida é claro, a primeira opção.  Você tem que saltar e depois subir nas rochas, mas garanto que vale a pena. O banho refrescante que vai seguir o mergulho irá reembolsar todos os seus sacrifícios!

É um lugar ideal para casais, dizem que ali, por ser um local “poético” muitos homens utilizam como local para pedir a mão das suas namoradas.

Vale a pena ir de maio a setembro quando a temperatura da água ainda esta boa, transparente e azul, e não tão fria. Se você for entre julho e agosto, eu sugiro ir bem cedo, pois o lugar é muito concorrido!

Eu visitei a Puglia 3 vezes até hoje, na primeira vez ventava e fazia frio (nem tenho fotos), e na minha última volta é que fui finalmente no verão, aproveitar para “pular” de cabeça.

grotta della poesia 3

grotta della poesia 4

Como ir?

  • De Lecce:
    Roca Vecchia fica a 25 Km de Lecce.
    É possível chetar de carro, em 30 min percorrendo a Strada Provinciali 1,145, em direção à Roca Vecchia.
  • De Otranto:
    Roca Vecchia fica a 20 Km de Otranto.
    É possível chegar de carro em apenas 25 minutos, percorrendo a Strada Provinciale 136 em direção à Roca Vecchia.
  • Precisa de um transfer até a Grotta? Veja preços aqui.

Dica:

  • a Grotta della Poesia fica na região de Roca Vecchia, na cidade de Melendugno, numa estrada litorânea que vai à Torre dell’Orso. É uma  zona tutelada, portanto não há restaurantes, e não é possível estacionar próximo do local. Há porém um estacionamento particular (1 euro por hora, 4-5 euro por todo o dia – preço 2015).
  • aproveite o cenário incrível da Puglia para fazer passeios de 1 dia de bike na região com a Cecília, veja aqui
  • não deixe de fazer uma parada na Pasticceria Dentoni, para experimentar a famosa Torta Crepes (uma torta realmente feita de camadas de crepe) e o pasticciotto (tipo uma empada doce, recheada de creme).
    • Endereço: Lungomare Matteotti 23, Marina di Melendugno

 

* Este post contém links para afiliados. Para ver nossa política de monetização, clique aqui.

The following two tabs change content below.
Deyse Ribeiro
Deyse Ribeiro mora na Toscana desde 2008, onde é guia de turismo habilitada, autora do blog Passeios na Toscana. Ela trocou as colinas de Minas pelas colinas do Chianti, o queijo mineiro pelo pecorino e a cachaça do interior pelo vinho Brunello, deixou pra trás o diploma de advogada e começou uma vida nova “sob o sol da Toscana”. Entende o complexo mundo do turismo na Itália, é especialista em trufas (tartufo), estudante de sommelier profissional, e apaixonada por arte e história.

2 Comments

  1. Natalie Soares / 17/04/2017 at 19:08 /Responder

    Oi, Deyse. Tudo bem? 🙂

    Seu post foi selecionado para o #linkódromo, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Bóia – Natalie

Deixe uma resposta

Style Switcher

Skin:

Backgrounds:

                       

You can also upload your own background from the Admin Panel.

Highlight Color:

             

Best viewed within the shop.

You can also create your own highlight color from the Admin Panel.