By

Share on Facebook152Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Share on Tumblr0Email this to someonePrint this page

A Itália é capaz de gerar uma quantidade inigualável de roteiros de todos os tipos: para quem gosta de arte, para quem curte moda, grandes cidades, etc. Eu fiz um roteiro gastronômico e cultural no norte do país, entre as regiões Lombardia e Piemonte, degustando o melhor da culinária local e conhecendo e revendo cidades lindas, como Cremona, Lodi, Alba e Turim.

Minha viagem durou cinco dias e à seguir, descrevo eu roteiro para que possa servir de inspiração na criação do seu!

 

De Milão a Cremona, a cidade do torrone e do violino

Aterrissei em Milão e, do aeroporto, fui diretamente para a estação ferroviária central. O transfer (veja AQUI) em poucos minutos me deixou na estação, onde peguei um trem para a cidade de Cremona, onde efetivamente começaria o meu roteiro.

Roteiro Gastronômico Lombardia e Piemonte

Catedral de Cremona

Cremona é a cidade da arte, da música, da cultura e da gastronomia. Por onde a gente passa, encontramos vitrines repletas de torrones, lojas especializadas em violinos, bem como ateliês de artesãos que realizam esses instrumentos musicais. Isso porque foi em Cremona, no século XVI, que nasceu a arte de produzir violinos com Andrea Amati, e continuou com outros artesãos de sua própria família, depois com o Guarneri, e enfim, com o mais importante de todos, Antonio Stradivari, no século XVIII. Há várias estátuas de Stradivari pela cidade!

Visitamos o atelier do mestre Conia, um dos mais renomados da cidade. Foi muito interessante acompanhar de perto uma pequena parte da criação de um violino. É impressionante o trabalho que os artesãos realizam, transformando um pedaço de madeira em um instrumento tão valioso.

Roteiro Gastronômico Lombardia e Piemonte

No atelier do mestre Conia, o artista que realiza os violinos! É uma arte que foi sendo transmitida de pai para filho e já estão na 3a. geração!

Temos um post específico sobre Cremona, leia mais sobre a cidade AQUI.

Quanto à gastronomia, em Cremona pude experimentar um dos pratos típicos da cidade: o marubini, uma massa recheada com carne e cozida no caldo de 3 diferentes carnes. Fantástico! Obviamente não pôde faltar sobremesas à base de torrone! Dois restauramentes que recomendo na cidade são a Osteria Il Melograno e a Osteria La Sosta, dois lugares top de Cremona!

Roteiro Gastronômico Lombardia e Piemonte

“Marubini” é um prato típico de #Cremona. Trata-se de uma massa recheada com carne, cozida em um caldo feito com outros 3 tipos de carne (boi, vitela e frango). É bom demais! E este da Osteria La Sosta estava divino (assim como todos os pratos)!

Durante a minha estadia de Cremona, estava acontecendo a Festa do Torrone. Durante os dias da festa, realizada na terceira semana de novembro, há uma grande quantidade de stands com os mais variados tipos de torrone.  então podem imaginar quantidade de barraquinhas com essa iguaria: tem de todos os tipos, tamanhos e sabores. Nunca vi tanto tipo de torrone na minha vida!

Roteiro Gastronômico Lombardia e Piemonte

Em Cremona, na festa do torrone

No nosso segundo dia em Cremona fomos carimbar nossos passaportes! Explico: a região Lombardia criou esse passaporte, uma iniciativa muito legal para incentivar as pessoas a visitar todas as províncias da região. Basta se cadastrar neste site http://speciale.in-lombardia.it/it/il-passaporto/ e retirá-lo nos pontos credenciados.

Roteiro Gastronômico Lombardia e Piemonte

Meu passaporte

Passaporte devidamente carimbado, eis que vamos assistir à apresentação de uma violinista de apenas 15 anos, a qual tocaria um violino Stradivarius de mais de 300 anos. Foi emocionante! A apresentação foi no próprio museu do violino, um lugar imperdível para quem aprecia este instrumento musical.

Roteiro Gastronômico Lombardia e Piemonte

Durante a tarde fizemos um mini city tour pela cidade. Conhecemos a confeitaria onde nasceu o torrone e vimos curiosas esculturas com a forma deste doce, como um violino gigante e um livro de partituras. Ao viajar para a Itália no fim de novembro, tente programar-se para conhecer Cremona e a festa do torrone!

Por fim, para fechar com chave de ouro nossa estadia em Cremona, jantamos no fantástico restaurante Il Violino. Entre todos, o prato que mais me impressionou foi o risotto al torrone: um delicioso risotto delicado de abóbora e amêndoas, com um toque de torrone ralado. Parece estranho, mas eu garanto que estava divino!

 

De Cremona para Lodi e Alba

Deixamos Cremona e seguimos viagem para Lodi. Lá fomos recebidos por uma forte neblina (coisa que acontece frequentemente lá durante os meses do outono e inverno). Se por um lado a neblina cobria boa parte dos monumentos, por outro dava uma atmosfera bem peculiar.

Roteiro Gastronômico Lombardia e Piemonte

Lodi com neblina

Mas o que faz quando o tempo não ajuda? Melhor se refugiar em um bom restaurante, não é mesmo? Assim fomos almoçar na Osteria del Mercato, um restaurante simples mas que serve pratos deliciosos. A sensação foi, sem dúvida alguma, a “raspadüra”, lascas de parmesão tão finas que derretiam na boca.

Ao saírmos do restaurante qual foi a surpresa senão um sol que iluminava a cidade, nem parecia mais o mesmo lugar! As cores de Lodi se revelaram esplêndidas! A vontade era ficar ali fotografando cada ângulo, mas era hora de pegar a estrada até Alba, para visitarmos a Feira das Trufas Brancas.

Roteiro Gastronômico Lombardia e Piemonte

Lodi linda, sem neblina

Infelizmente era o último dia da Fiera del Tartufo di Alba, a feira de trufas mais importante do país. Incrível ver a quanto podem chegar os valores desta verdadeira jóia preciosa da gastronomia. Nossa passagem por Alba foi rápida, apenas para ver a feira, mas é uma cidade que merece uma visita de pelo menos um dia inteiro. Lindíssima!

20161127 182328

As trufas brancas de Alba

Leia mais AQUI sobre as feiras de trufas na Itália!

Por fim, passamos a noite no lindo Albergo dell’Agenzia, uma antiga propriedade da família real Savoia no interior do Piemonte. O hotel é uma ótima edida para quem visita Alba e a região do Barolo, pois fica em uma área calma da região, rodeada por bosques de ciprestes.

Roteiro Gastronômico Lombardia e Piemonte

O hotel por fora

 

De Alba a Turim

Deixamos nosso hotel Albergo dell’Agenzia e partimos para Turim.

Turim… minha cidade preferida na Itália, que me suscita tantas emoções. Não a visitava há dois anos e hoje a encontrei ainda mais bela, com muitos lugares restaurados e cheia de vida.

Começamos visitando o mercado de Porta Palazzo, um dos maiores da Europa. Depois disso, fizemos um tour pelas principais ruas da cidade. Fomos parar no Al Bicerin, um café fundado em 1763 e famoso por uma bebida a base de café e chocolate que leva o mesmo nome. Uma coisa divina!

Roteiro Gastronômico Lombardia e Piemonte

O Bicerin

Continuamos o tour pela longa avenida que leva à Piazza Castello, onde fica o Palácio Real e o Palazzo Madama. Duas belezas da arquitetura.

O que ver em Turim: Palácio Real

Palácio Real na Piazza Castello

Nosso almoço foi no Pastificio Defilippis dal 1872, um lugar fantástico onde comer uma boa massa e degustar uma taça de vinho, inclusive um Barolo! De fato, nossos pratos foram acompanhados pelos vinhos da Damilano Barolo, uma das vinícolas históricas do Piemonte e proprietária do pastificio. Nosso primeiro Barolo a gente nunca esquece!

À tarde continuamos o passeio conhecendo as galerias (em Torino há muitas!) e curtindo cada canto.


Ao escurecer, podemos também apreciar as chamadas “luci d’artista”, instalações luminosas realizadas por artistas do mundo inteiro. O centro de Torino está cheio dessas instalações, que duram até o início de janeiro.

Roteiro Gastronômico Lombardia e Piemonte

Para encerrar a nossa última noite em Torino, fomos jantar no La Badessa Ristorante, um restaurante de cozinha típica piemontese no centro da cidade.


O quinto e último dia de viagem foi dedicado a uma maravilha da arquitetura, Patrimônio Mundial da Humanidade da Unesco: A Reggia di Venaria, um daqueles lugares que nos deixam sem palavras. É de uma beleza incrível. Projetada pelo arquiteto Amedeo di Castellamonte sob ordem do duque Carlo Emanuele II, que ele pretendia fazer dela a base para as suas viagens de caça nas colinas de Turim.

Saiba mais sobre a Reggia di Venaria AQUI.

Reggia di Venaria

A Galleria Grande é esplêndida. Ela é obra de Filippo Juvarra e ligava o apartamento do rei àquele do herdeiro ao trono na Reggia Di Venaria.

Foi com a visita a este maravilhoso lugar que nos despedimos do tour Lombardia e Piemonte , durante o qual conheci outros lugares fantásticos da Itália.

Aguardem mais posts sobre esta viagem, com mais detalhes e dicas sobre cada lugar!

 

Nota: Eu participei desta viagem de imprensa como convidada pelo órgão de turismo da Região Lombardia e da Região Piemonte, dentro do projeto #il360 de promoção da Lombardia e regiões limítrofes. Este post faz parte de uma série de textos baseados nas minhas experiências durante esta viagem. Todos serão identificados. Não recebi dinheiro para escrever, não tenho nenhum vínculo de obrigações de produção de textos, divulgação de mídia social, portanto tenho total liberdade editorial.

blogtour

 

* Este post contém links para afiliados. Para ver nossa política de monetização, clique aqui.

♦ Mapa                                                                                     

The following two tabs change content below.
Patrícia Kalil
Patricia Kalil, graduada em administração de empresas, mora na Sicília desde 2007 e é autora do blog Descobrindo a Sicília. Ela deixou o calor e as festas de Salvador para abraçar as belezas de outro lugar tão acolhedor quanto a Bahia e mergulhou na cultura e na história milenar da Sicília. Apaixonada desde sempre por viagens e pela língua e cultura italiana, acabou unindo o útil ao agradável e decidiu espalhar aos quatro ventos que a Sicília merece ser vista.
 

Deixe uma resposta

Style Switcher

Skin:

Backgrounds:

                       

You can also upload your own background from the Admin Panel.

Highlight Color:

             

Best viewed within the shop.

You can also create your own highlight color from the Admin Panel.